Espaço físico ou home office: Qual é o melhor

6 minutos para ler
admin
Por Marketing

Ao longo deste artigo, apresentaremos todos os prós e contras destes dois ambientes utilizados para a realização dos trabalhos. 

2020 foi definitivamente um ano transformador. Além de todas as questões que envolveram os efeitos causados pela pandemia do covid-19, as pessoas tiveram que se reinventar: no trabalho, nas relações familiares, nas atividades físicas, no lazer e entretenimento e etc. 

Apesar do modelo de trabalho conhecido como “Home Office” já surgir há muito tempo, foi só em 2020 que ele passou a ser finalmente considerado por empresas e serviços gerais, indo desde os mais novos e pequenos empreendimentos até as multinacionais. 

Reinventar é uma palavra que para muitos gera uma certa apreensão, então antes de começarmos a falar um pouco sobre as diferenças entre o espaço físico e o home office e os pontos positivos e negativos de cada um deles, gostaríamos de propor uma reflexão: 

  • Qual o setor ou segmento do seu trabalho? 
  • Seu trabalho era realizado em um espaço físico ou home office?
  • Com a pandemia, você começou a trabalhar “de casa”?
  • Como você se considera trabalhando em casa? É mais ou menos produtivo? 
  • Você gostaria de continuar fazendo home office ou prefere ir até o trabalho?
  • Acha que funciona o seu trabalho de maneira remota? 
  • O segmento do seu trabalho possui o mesmo alcance e resultado sendo feito de forma online? 

Se você é o dono da empresa, gestor ou CEO, já conseguirá sanar MUITAS questões só com esta reflexão que estabelecemos acima. Inclusive, este formulário pode servir como uma pesquisa de satisfação dos colaboradores que trabalham com você. Portanto, use e abuse dele.

Agora, vamos às questões principais:

Espaço físico ou home office: Qual é o melhor?

A verdade é que esta pergunta não pode ser respondida tão facilmente. Isto porque vai depender de um fator primordial: o segmento do seu serviço

Se você trabalha em uma redação que produz conteúdo para plataformas online, por exemplo, provavelmente vai conseguir seguir no modelo home office sem nenhum problema. Isto porque neste caso não há a necessidade de estar em um lugar físico para realizar as vendas, fazer as reuniões, acessar as plataformas, entre outros. 

Agora, se o seu trabalho for vender algum produto em que as pessoas costumam testá-lo, por exemplo, será imprescindível que você vá até o local físico. Caso você faça todo o trabalho somente de forma online, poderá perder clientes e até mesmo diminuir seus rendimentos. 

Entende agora como tudo é uma questão a ser analisada? Há empresas que se adaptaram muito bem ao home office e, inclusive, não pensam mais em ter um espaço físico. Em contrapartida, há aquelas que estão optando pelo sistema híbrido, que nada mais é que a combinação do trabalho ora realizado “de casa”, ora no escritório. Por fim, há as empresas que não abrem mão do local físico, portanto, estão retornando aos poucos com o formato que era antes.

Espaço físico

Vantagens:

  1. O espaço físico geralmente conta com as condições exatas para a execução do trabalho (algo que não são todas as pessoas que possuem em casa), como: mesa, cadeira, computador, celular e Internet.
  2. Para as empresas que gostam do famoso “bater cartão”, continua sendo uma forma de estabelecer este controle maior do tempo de trabalho.
  3. Em caso de serviços que precisam de um local físico para as reuniões, vendas de produtos ou qualquer coisa relacionada.
  4. Querendo ou não, o escritório continua sendo um ambiente mais profissional e até mesmo tradicional de trabalho. 
  5. Interação da equipe. Através do famoso happy hour, hora do café, dia do aniversário e outras datas comemorativas.

Desvantagens:

  1. Você ou a sua empresa terão que arcar com todos os custos que um escritório físico precisa: Internet, água, luz, aluguel e etc.
  2. Além dos gastos relacionados ao espaço físico, muitas vezes terá que arcar com alguns benefícios dos funcionários (que vai depender, claro, de cada empresa), como o vale refeição e o vale transporte.
  3. Deslocamento até o local. Se você morar em uma cidade grande, por exemplo, terá todo o desgaste de ir e voltar ao trabalho, encarar trânsito e transportes públicos.
  4. Não poder fazer o trabalho de qualquer lugar, perdendo a proximidade com familiares e amigos.

Home office

Vantagens:

  1. A flexibilidade é considerada uma das principais vantagens do home office. Você pode fazer o seu trabalho de qualquer lugar, seja da sua casa, de um outro país, de uma praia, um campo e etc.
  2. Economia com os custos de um escritório físico. Para o empregador é uma ótima forma de poupar o dinheiro que gastaria com o aluguel do espaço, as contas básicas, os benefícios, entre outros.
  3. Proximidade com os amigos e familiares, já que pode fazer tudo dentro do seu próprio lar.
  4. Ganho de tempo, pelo fato de não precisar se deslocar, utilizar transportes públicos ou pessoais, encarar multidões e outros fatores.

Desvantagens:

  1. Se você não tiver as condições necessárias para a realização do trabalho, como uma cadeira e uma mesa ideal, poderá desencadear doenças como: dores nas costas, atrofias, problemas de visão e etc.
  2. O home office é um modelo de trabalho que não possibilita grandes interações entre a equipe, tornando-se, portanto, mais solitário. Algumas pessoas costumam ter problemas com isso, o que pode resultar em questões como depressão e crise de ansiedade.
  3. Se você morar em um lugar com muito barulho, interferências de familiares, animais de estimação ou coisas parecidas, muito provavelmente terá dificuldade na hora de desempenhar suas funções de trabalho, ou seja, implicará no seu rendimento e dispersão.

Gostou de todas as dicas que estabelecemos sobre os prós e contras tanto do espaço físico quanto do home office? A propósito, já conseguiu identificar qual modelo de trabalho é o melhor para você ou para a sua empresa? 

fale_conosco