Vídeo de produto: O que é e como vender mais com ele

9 minutos para ler
admin
Por Marketing

O vídeo de produto é uma ferramenta essencial para que as empresas mostrem seus produtos com uma riqueza de detalhes única.

Além disso, é um formato determinante para a tomada de decisão do consumidor e se encaixa muito bem nas estratégias de vídeo marketing das empresas.

Quem mostra isso é uma pesquisa realizada pela Video Brewery: ela revela que 90% dos consumidores disseram que ver um vídeo foi essencial para que elas decidissem comprar algum produto.

Isso significa que apostar em vídeos de produtos será determinante para sua empresa vender mais!

Neste artigo você aprenderá tudo sobre o vídeo de produto. Confira para conhecer seus formatos e ver dicas para produzir um. Vamos lá!

O que é um vídeo de produto

Um vídeo de produto pode ser encontrado em diversos tipos e formatos, como vamos explicar mais abaixo.

Porém, há um ponto em comum, já que todos eles têm somente um objetivo: mostrar funcionalidades, opções de uso e como o produto funciona realmente na prática.

É uma ótima solução tanto para as empresas quanto para os seus consumidores. Afinal, quando vamos em uma loja física, a objeção de compra é menor, já que podemos tocar e ver de perto o produto.

Porém, quando se trata de vendas online, isso é impossível. Alguns consumidores até ficam receosos em comprar algo que ainda não conhecem. Ao apostar em vídeos de produto, a sua empresa acabará com este problema.

Dentro deste formato, diversas questões podem ser respondidas. Além de saber como o produto funciona, o consumidor poderá ver onde ele pode ser encontrado e quais são as vantagens de utilizá-lo.

Geralmente, vídeos de produtos não são muito extensos. Em média, um vídeo de produto tem uma duração de 3 a 5 minutos. A exceção fica por conta dos vídeos de resenha, que também têm a função de demonstrar as funcionalidades de um produto e que geralmente são mais extensos por conter opiniões.

Portanto, quando se trata de conversão, a dica de ouro é apostar em vídeos mais curtos, como este exemplo da Smartalk, apresentando sua gama de produtos:

Por que fazer vídeos de produtos em sua empresa?

Vamos pegar como exemplo o vídeo acima que nós produzimos para a mostrar o que fazemos. Nele apresentamos as várias soluções em comunicação que oferecemos e como elas são desenvolvidas com base em uma metodologia própria.

Agora, coloque-se no lugar do consumidor. Ao considerar diversos prestadores de serviço, com certeza você estará mais curioso em experimentá-lo ao saber a filosofia por trás da criação do produto, não é?

Esse é o grande poder do vídeo de produto. Além de demonstrar tudo o que o consumidor precisa saber, ele é capaz de despertar desejo e curiosidade. Por isso, é uma ótima alternativa para quem procura aumentar as vendas.

Além disso, os vídeos de produtos servem também para produtos digitais ou serviços. É possível fazer vídeos em animações 2D ou com design gráfico animado, por exemplo, se o que a sua empresa vende é mais subjetivo e menos palpável.

Outros motivos para apostar em vídeos de produtos são:

  • vídeos de produto fazem bastante sucesso nas redes sociais;
  • dão maior suporte à equipe de vendas, já que ajudam a superar objeções e a explicar com facilidade o que o produto oferece;
  • ajuda a criar uma ótima impressão sobre a marca em si, trazendo a sensação de proximidade e familiaridade aos consumidores.

Dicas para criar um vídeo de produto excelente

Para criar um ótimo vídeo de produto, há basicamente dois pilares a serem seguidos.

Primeiro, ele precisa ter clareza nas informações, apresentando o produto de forma que o espectador tenha suas dúvidas sanadas de maneira clara e simples.

Isso será essencial para que a sua empresa se diferencie dos concorrentes. Essa clareza ajudará também na organização do vídeo, seguindo uma linha cronológica do que será apresentado. Para definir essa clareza de informações, é essencial ter um bom roteiro! 

O segundo pilar é a sinceridade. Por mais que você queira vender o seu produto, é essencial ser honesto sobre o que ele pode ou não fazer. Essa honestidade ajudará a garantir a satisfação dos clientes, pois não gerará falsas expectativas.

5 tipos de vídeos de produto que fazem sucesso

A criação de um vídeo de produto pode ser feita de diversas formas. Basta estudar e escolher o formato que mais se encaixa nas características de sua empresa e como cada produto poderá ser exposto.

O primeiro passo para definir isso é conhecendo os formatos para vídeo de produto. Com isso, ficará mais fácil decidir qual deles renderá vídeos exclusivos e diferenciados para a sua empresa.

Vamos então aos principais tipos de vídeos de produtos:

1. Vídeo tutorial

Os tutoriais mostram o passo a passo para fazer algo. Já é um formato bastante conhecido na internet: quem nunca viu um vídeo tutorial de receita, de maquiagem ou de construção DIY que atire a primeira pedra.

É um ótimo formato para topo de funil, já que pessoas que procuram por esse tipo de conteúdo não estão necessariamente interessadas em comprar um produto. Elas têm um problema e estão procurando pelas primeiras soluções.

A empresa que investe em tutoriais na sua estratégia de vídeos não só ajuda o cliente como melhora (e muito) a sua imagem perante o mesmo. Esse elo será essencial para que, quando o visitante estiver pronto para a compra, ele pense na sua empresa em primeiro lugar.

2. Vídeo demonstrativo

O formato de vídeo demonstração é a solução perfeita para quem deseja explicar ao cliente, de forma bem detalhada, todas as características que compõe o produto ou serviço.

Mesmo que o cliente não tenha o contato físico com o produto, ele estará mais confiante ao ver como ele realmente é.

Além disso, quando vamos procurar um produto na internet, o que vemos é a descrição com as características do item. Mas essas informações, além de não serem dinâmicas, não ajudam a demonstrar como o produto pode ser a solução do problema do potencial cliente.

E isso se reflete na percepção do cliente, que prefere 4 vezes mais a assistir um vídeo demonstrativo do que ler sobre suas instruções.

Para fazer bons vídeos demonstrativos, mostre todos os detalhes de como seu produto ou serviço funciona, as características principais, as formas de uso e as restrições.

3. Unboxing

Podemos traduzir livremente o termo “unboxing” como o ato de tirar de uma caixa. Este também é um formato de vídeo de produto muito conhecido, principalmente entre YouTubers mirins, que mostram seus novos brinquedos sendo desembalados.

Algumas empresas estão aproveitando o boom desse formato de vídeo de produto para fazer parcerias, principalmente com influenciadores.

Sua empresa pode produzir unboxing dos seus próprios produtos e postar em suas redes sociais para demonstrar como é a experiência completa de quem acaba de receber o produto.

4. DIY (Do It Yourself)

Os vídeos Do It Yourself (DIY) também é outro formato de vídeo de produto que ganhou muita projeção no YouTube.

Esse tipo de vídeo é em formato de tutorial para pessoas que querem fazer um produto manual, como um item decorativo, uma roupa e até mesmo um móvel.

As empresas aproveitam este formato não para vender um produto em si, mas para mostrar ao usuário como o produto da marca pode ajudar em seus projetos DIY.

Por exemplo: se a sua empresa é um e-commerce de marcenaria, que vende parafusos e ferramentas, você pode ensinar o usuário a criar um móvel ou um nicho com materiais recicláveis. 

A empresa pode colocar na legenda ou na descrição do vídeo os materiais usados e até dar um cupom de desconto para incentivar ainda mais a compra dos itens básicos para a construção da peça de mobiliário.

5. vídeos comerciais

Como o próprio nome sugere, o vídeo comercial tem o objetivo de vender um produto, sendo ideal para estágio de fundo do funil. Mais do que vender, ele também ajuda a construir o conceito e a divulgar a marca para otimizar seus resultados.

É um formato extremamente utilizado em anúncios no YouTube e nas redes sociais, tem entre 30 a 60 segundos, destaca pontos fortes da marca e usa um tom mais comercial.

No entanto, cuidado: não confunda vídeo comercial com vídeo institucional. Este último possui um propósito diferente, de aproximar o cliente da marca.

Conclusão

Viu só como existem diversas opções de vídeos de produtos a serem explorados? Estude bastante os formatos e veja qual poderá se encaixar melhor ao público-alvo da empresa e em cada etapa do funil de vendas.

O vídeo de produto é uma excelente forma de ir além daquela descrição em texto ou apresentação comercial enviada aos seus clientes sobre os produtos de sua empresa.

Imagine, por exemplo, uma empresa que vai lançar uma nova linha de produtos. Todo este investimento não pode correr o risco de não trazer o retorno esperado por conta de uma apresentação que não encante os clientes, certo?

Por isso, vale a pena investir em formatos novos e diferenciados para levar a proposta de valor dos produtos de sua empresa aos clientes.

Seja uma apresentação com design impressionante para ser enviada por e-mail ou mesmo um vídeo de produto. Aqui, o importante é ganhar o coração do cliente!

Quer montar o seu vídeo de produto? Conversa com a gente!

Transmita mensagens de forma memorávelPowered by Rock Convert

Sua comunicação não pode entrar em quarentena! 

Nós podemos ajudar você com isso.
CONVERSAR COM UM CONSULTOR
close-link