9 Lições sobre Inovação com Ben Rennie, CEO da RENY®

11 minutos para ler
admin
Por Marketing

Antes de qualquer coisa, precisamos dizer que inovação movimenta a história da humanidade…

Afinal, pense em quantas invenções mudaram drasticamente o rumo das coisas e do comportamento no mercado.

Inovar é encontrar soluções em meio às adversidades e junto à ela está a criatividade.


CRIATIVIDADE EM TEMPOS MODERNOS: 7 dicas para estimular a criatividade e construir apresentações incríveis


A criatividade alimenta a inovação e a inovação promove o crescimento de um negócio

Este é um mantra cada vez mais aceito nas organizações que buscam inovar em um mundo conectado e competitivo. 

Uma apresentação muito interessante foi realizada por Ben Rennie, da RENY® Group.

Trata-se de uma agência de inovação que ajuda empresas e governos a resolverem problemas complexos por meio da inovação. 

Atualmente, a inovação e o envolvimento do cliente são fundamentais para as empresas criarem e manterem uma vantagem competitiva.

Então, Ben Rennie sugere que podemos mudar o mundo fazendo três coisas: 

  • Criar algo; 
  • Compartilhar nossas ideias;
  • Ver o mundo do ponto de vista de outra pessoa . 

Isso não é uma coisa fácil de fazer, mas certamente é o que fazem as mentes mais inovadoras!

Em outras palavras, inovar quer dizer “pensar fora da caixa”, mas não necessariamente criar algo totalmente mirabolante e novo.

Você pode inovar sem, necessariamente, desfazer do seu produto ou serviço, nem sequer da sua equipe.

Logo, é possível inovar mesmo sem novas aquisições e altos investimentos.

Afinal, a inovação é intrínseca à mente humana.

As 9 lições sobre inovação que Ben Rennie, CEO da RENY® compartilhou em sua apresentação são repletas de bom e perspicácia.

Então, vamos aos pontos. Confira!

1. A inovação começa no topo

À medida que os setores são afetados por dados e pela tecnologia digital, as empresas passam a sofrer enorme pressão para que inovem.

Assim como adaptação é evolução, inovar é sobreviver.

“Inove e faça a disrupção ou sofra as consequências dela.”

Essa é uma enorme responsabilidade para os líderes, uma vez que a inovação começa no topo e é historicamente difícil de sustentar.

Mas seu risco de fracasso diminui e seu potencial de ter um impacto real aumenta se fizerem do propósito como seu guia de inovação.

Prever o futuro é impossível, mas ter visão é necessário.

Portanto, quando uma organização articula e ativa um propósito maior, ela tem a oportunidade moldar o futuro de si mesma e do seu mercado.

A relação entre propósito e inovação

Um relatório da Economist Intelligence Unit (EIU), apoiado pela EY, revela uma ligação distinta entre propósito e inovação.

O relatório executivo da EIU entrevistou 1.000 gestores de três indústrias globais para descobrir como eles estão respondendo às interrupções.

inovação

63,4% dos executivos acreditava que ter um senso de propósito e aspiração além de sua missão comercial diária tornava sua empresa mais inovadora.

Portanto, mais capaz de interromper ou responder a interrupções do mercado.

2. A inovação pode acontecer em qualquer lugar

De fato, tudo pode ser inovado, qualquer pessoa pode inovar e a inovação pode acontecer em qualquer lugar…

Simplesmente porque depende mais de cada indivíduo disposto à mergulhar nesse universo.

O Vale do Silício e outros centros de inovação reconhecidos não têm um bloqueio na inovação.

Muito menos uma receita secreta que não pode ser modelado ou aprimorado. 

Contudo, é preciso disposição para colocar seu tempo e seus recursos em jogo para explorar e expandir sua criatividade.

Afinal, é preciso observar as coisas além de onde você está hoje para ver o “não-óbvio” de uma situação.

Ao fazer isso, você estará inovando em um polo de inovação não tradicional, de forma não tradicional e em uma inovação que não precisa de alta tecnologia .

3. É um esporte de equipe

Quando precisamos resolver algo e criar uma solução, sempre há uma tendência de sentar em nosso escritório e tentar resolver aquilo sozinho. 

Mas ter pessoas para trocar ideias faz com que as alternativas fluam e tornem o processo mais ágil e criativo. 

Lembro-me (Ben Rennie) de um anúncio que escrevi para o Dia Internacional do Transportador de Jornais. 

Fiquei preso na criação do texto até que um colega e eu começamos a brincar com isso e descobri uma lista das dez coisas que você perderia sem o seu porta-jornal. Tudo bem, isso foi há alguns anos, hoje não temos mais porta-jornal. – Ben Rennie

O anúncio ganhou o prêmio editorial naquele ano.

4. Nunca é fácil, mas é sempre possível

Esta é uma lição que muitas pessoas estão aprendendo agora.

É simples de explicar, simples de escrever sobre, simples de elogiar seu povo, simples de solicitar.

Além disso, muitas vezes, também é simples de reconhecer quando ele aparentemente entra em cena. 

Mas concentrar esforços deliberadamente para alcançar a inovação certa, quando e onde você precisa ou deseja, não é fácil. 

Requer liderança, estudo, análise e pensamento criativo para avançar – e perseverança e ousadia para implementar.

A maioria das organizações e pessoas esperam que a inovação aconteça do nada, que as coisas mudem e então entram em ação.

Às vezes de boa vontade, mas na maioria das vezes acontece com resistência.

Necessidade e demanda

Primeiro, acontece como uma necessidade… Algo ou algum lugar em que o pensamento criativo e a inovação possam ser úteis. 

Essas áreas de oportunidade podem vir de problemas sistêmicos ou fraquezas em uma empresa.

Além disso, podem ser mudanças nas demandas dos clientes ou nas ofertas dos concorrentes.

Também podem ser avanços na tecnologia ou no campo em que uma empresa está inserida.

Cada empresa tem desafios estratégicos e quanto melhor forem compreendidos, maior será a oportunidade para inovação.

Das necessidades identificadas surge o Foco  

Foco é preciso para o esforço criativo e de inovação. 

A chave é ir além da necessidade de focar nas áreas que, se fossem significativamente melhoradas ou inovadas, avançariam a estratégia da organização. 

Esta é uma etapa vital no processo de inovação, pois permite que as pessoas saibam onde é preciso pensar e agir. 

É incrível como muitos líderes empresariais dizem que desejam mais criatividade e inovação, mas não conseguem explicar por que querem e onde querem que seu pessoal se concentre.

Geração de ideias

Em seguida, vem a geração de ideias, o estágio mais associado à criatividade e inovação. 

Na verdade, se o esforço foi bem focado, este é frequentemente o mais fácil dos estágios e geralmente resultará em muitas ideias.

De fato, algumas novas e úteis, algumas precisando de desenvolvimento, algumas provocativas e desafiadoras. 

A chave aqui é ir além do pensamento usual.

Portanto, é aqui que as técnicas de Pensamento Criativo Deliberado usadas por pessoas habilidosas e motivadas, são uma grande vantagem.

Avaliação

Agora é necessária alguma avaliação preliminar  para destacar as ideias mais úteis que sempre exigirão algum esforço de desenvolvimento. 

O principal desafio aqui não é avaliar as ideias como ‘boas’ ou ‘ruins’.

Afinal, na maioria das vezes qualquer pensamento criativo ou inovador será facilmente visto como impraticável e rejeitado. 

No entanto, devemos compreender que as ideias precisam ser colhidas e desenvolvidas com eficácia.

Isso é crucial para a inovação bem-sucedida.

Portanto, é importante olhar para as ideias de diferentes perspectivas.

Desenvolvimento

O desenvolvimento de ideias em resultados, designs, estratégias,  etc. é geralmente o estágio mais desafiador. 

Aqui as ideias são combinadas, moldadas, adicionadas, simplificadas, integradas e muito mais, até que um resultado seja alcançado. 

E esse resultado quase sempre requer pensamento mais criativo.

Por exemplo, um processo inovador pode desenvolver um potencial novo produto ou serviço.

Porém, o pensamento criativo pode ser necessário para iniciar seu desenvolvimento.

Além disso, é necessário para alcançar um mercado novo ou existente, ou simplificar a fabricação ou distribuição processos. 

Uma inovação geralmente cria uma nova necessidade de mais inovação, tornando seu negócio completo e bem estruturado.

Implementação

Alguns escritores sobre inovação insistem que, a menos que um novo produto, serviço, estratégia, etc. seja implementado com sucesso, ele não é uma inovação real. 

É claro que outros discordam dessa visão, acreditando que se algo novo tem valor aparente, é classificado como inovador.

Porém, a inovação pode apenas precisar de mais esforço (como descrevemos acima) para ser implementado com sucesso. 

Na verdade, às vezes o momento não é certo e o que não é necessário hoje será um grande sucesso nos anos que virão.

5. A inovação depende da confiança

Rennie aborda esse tópico sob diversas perspectivas:

  • Ouça as ideias;
  • Recompense a coragem;
  • Aceite os riscos;
  • Aprenda com o fracasso;
  • Coma seus vegetais;
  • Olhe para os dois lados antes de atravessar a rua… 

Assim por diante…

Afinal, estar aberto a escutar as pessoas é aceitar conselhos e ideias de quem está como observador.

Ok, isso pode ser um pouco simplista, mas ouvir é sempre uma atividade subestimada.

Porém, da escuta ativa, podem surgir muitas soluções para os problemas do seu negócio.

Naturalmente, o nosso cérebro tende a criar mais sinapses quando somos questionados e exploramos outras perspectivas.

Portanto, aqui vale novamente reforçar o quanto devemos sair da zona de conforto.

6. Defina suas medidas de sucesso

As pequenas ideias precisam de espaço e tempo para crescer.

As métricas devem sempre ser uma parte importante de qualquer ideia ou projeto.

O que você está tentando realizar?

Coloque seus objetivos em números (KPIs) e acompanhe os resultados obtidos para análise e aperfeiçoamento.

7. Crie uma cultura de inovação adequada

Crie uma cultura de inovação adequada é não deixar o ambiente definir sua estratégia. 

Em vez disso, crie uma estratégia que defina o seu ambiente. 

Por exemplo, você vende produtos e só tem logística para entrega local, mas recebe um grande pedido de outro estado.

Você vai se manter condicionado apenas ao mercado consumidor local ou irá procurar parcerias de transportadoras e entregas para atender outros clientes?

Aqui está a solução de inovação para expansão do seu negócio e é preciso fazê-la ou seu concorrente irá.

8. O cliente está no centro de tudo

Como você pode tornar a vida dos seus clientes melhor através do seu produto/serviço?

O cliente de hoje espera experiências consistentes e personalizadas, independentemente de como eles interagem com você. 

À medida que os mundos físico e digital continuam a se confundir, as marcas precisam oferecer experiências mais conectadas que gerem fidelidade.

Dessa maneira, pense em como a inovação pode ocorrer na sua empresa do ponto de vista do cliente.

Considere:

  • Reimaginar a experiência do cliente;
  • Pense nas possíveis transformações digitais e torne possível sua adoção;
  • Capacite funcionários e os clientes terão melhor cuidados no seu negócio;
  • Estimule a colaboração entre equipes e seu cliente terá soluções facilitadas.

9. A velocidade é crítica para a inovação

“Fracasse cedo. Falhe rápido. Fracasse com baixo custo.”

Aumentar a velocidade de entrada no mercado leva a diversos ganhos financeiros e não financeiros. 

Maior agilidade tem o potencial de aumentar as vendas brutas e o valor para o acionista. 

Os ganhos financeiros geralmente são mensuráveis ​​diretamente e excedem enormemente os custos iniciais de introdução de estratégias de velocidade de lançamento na organização.

Sabe o que mais nós conseguimos trazer para você nessa leitura? A apresentação de Rennie na íntegra.

Aproveite…

Transmita mensagens de forma memorável