Está com dúvidas na hora de desenvolver slides? Veja 6 dicas infalíveis para resolver isso

6 minutos para ler
admin
Por Marketing

Você vai fazer uma apresentação, palestra, workshop, treinamento ou até mesmo uma reunião de negócios e precisa desenvolver slides. No entanto, não sabe nem por onde começar ou então vai percebendo que ao longo da criação está surgindo uma série de dúvidas frequentes. Esta é uma situação bem chata, não é mesmo?

Mas, ao longo deste artigo temos por objetivo sanar todas as suas dúvidas e mostrar como construir seus slides, de modo que eles fiquem visualmente atrativos, conexos com o conteúdo a ser apresentado e impactantes para o público-alvo

Aproveite para ler outras matérias que também farão toda a diferença no planejamento dos slides: 

Vamos a elas: 

1 – Deixe para desenvolver o slide em si em último plano

Você pode estar um pouco confuso com este título da dica, mas é exatamente isso, deixe para desenvolver o slide em si em último plano. Quando você tem alguma apresentação ou o que quer que seja, acaba caindo na armadilha de já ir logo de cara formular os slides. No entanto, este deve ser o último passo do seu planejamento.

  • Primeiro, pense no conteúdo que você vai falar na sua apresentação. Deixe ele alinhado, revisado e organizado.
  • Depois, procure refletir sobre quem é o seu público-alvo, e qual tipo de slide seria mais atrativo para ele. No caso de pessoas mais formais, o slide deve seguir uma linha mais clean. Já no caso de pessoas mais despojadas, ele pode seguir um visual mais alegre. E, por aí vai.
  • Por fim, comece a criar o seu slide com estes pontos já analisados. 

2 –  Reflita sobre a identidade visual do seu slide

A maioria das empresas e dos negócios possuem o que se chama de identidade visual. Esta identidade visual faz com que as pessoas identifiquem a empresa através de uma marca, um logotipo, uma imagem e etc.

Na hora da criação do seu slide, use e abuse da identidade visual do seu negócio. Se for um logo, por exemplo, coloque-o no plano de fundo do slide, ou nos cantos superiores e inferiores dele. Se você tiver um formato de letra que já é a marca registrada da empresa, insira-a na construção textual do seu slide. No caso das cores mais usadas em seu negócio, elas podem também aparecer na montagem do slide.

Enfim, tudo o que for contribuir para que o seu público assista a sua apresentação e conecte o que está sendo visto (os slides, textos, vídeos, imagens) com o negócio, fará toda a diferença para o sucesso dela. 

3 –  Todo o cuidado é pouco na hora do texto

Sim, se tratando de slide, TODO CUIDADO É POUCO NA HORA DO TEXTO. Essa, inclusive, é uma das dúvidas mais frequentes das pessoas quando estão no processo de criação do slide. 

Então, qual é a quantidade ou forma certa de texto para um slide? 

A resposta para isso é muito simples, não existe uma quantia ou uma fórmula ideal. O que deve existir é o que chamamos de bom senso

Não queira colocar todo o material de texto nos seus slides. Pense que os slides são apenas suportes para o seu discurso. É para que o apresentador olhe para a tela e veja algumas poucas palavras que lhe darão um norte para onde ele deve seguir. Também não queira jogar uma palavra ou outra apenas no slide, que ele se tornará desnecessário e desinteressante. 

O que consideramos ideal para um slide é algo que seja intercalado, ora um texto, ora uma imagem, ora um vídeo, ora um gráfico… Pense, analise, veja e reveja quantas vezes forem necessárias e responda a este questionamento: Eu me sentiria envolvido por estes slides? 

4 –  Se possível, use os recursos visuais

Se for possível usar os recursos visuais, como os vídeos e as imagens, não hesite em inseri-los em seus slides. As pessoas costumam prestar mais atenção em uma imagem bem interessante ou em um vídeo bastante atrativo. 

Agora, se a pergunta for: em qual momento devo utilizá-los ou, então, quantos recursos visuais é cabível para um slide, a dica de ouro é para que você teste! Não é possível estabelecer um padrão para isso pelo simples fato de que cada apresentação pede um formato diferente. 

No entanto, se você apresentar o seu slide para uma outra pessoa e notar que ela está atenta ao que está sendo dito e mostrado, certamente este já será um parâmetro de que está no caminho certo.

5 – Certifique de que não há erros de ortografia

Você está realizando a sua apresentação e se depara com um ou mais erros de ortografia. Uma situação bem constrangedora, concorda? Portanto, certifique- se de que não há nenhum tipo de erro em todos os slides. Leia e releia quantas vezes forem preciso, para que um problema como esse não aconteça e você não tenha que passar por situação parecida.

6 –  Cuide dos efeitos e transições

Os slides contam com alguns recursos que são bem tradicionais, como os efeitos e as transições. No entanto, nestes efeitos e nestas transições é possível que você faça escolhas em meio a um emaranhado de opções. 

Há efeitos e transições: rápidos, lentos, em formas geométricas, dissolvidos ou não, para a lateral, para cima, para baixo…

Tome cuidado para não abusar de cada um deles e tornar os seus slides um  “verdadeiro Carnaval”. Seja sutil nessas passagens de slides e lembre-se, o público não quer ficar confuso, ele quer ficar atraído pelo que você está passando. 

Depois de termos dado 6 dicas para facilitar no desenvolvimento dos seus slides, acreditamos que você já tem uma certa noção do caminho a seguir a partir daí. 

Caso precise construir apresentações realmente impactantes converse com os especialistas da Smartalk.

fale_conosco