Sócio investidor: entenda o seu papel

6 minutos para ler
admin
Por Marketing

Você já deve ter ouvido falar na expressão sócio investidor, mas sabe exatamente o que isso significa e qual é o papel desse profissional? O sócio investidor é alguém que injeta recursos financeiros em determinada empresa. Esse investimento é realizado depois da constatação de que a empresa tem grande potencial de lucro e que, portanto, haverá retorno desse capital investido. No entanto, existem algumas características e papéis do sócio investidor que precisam ser entendidas para que esse investimento tenha êxito e, consequentemente, para que haja a expansão do negócio.

Papel do sócio investidor

Antes de entender o papel do sócio investidor, é preciso diferenciar esse profissional do sócio capitalista e do investidor de risco. O sócio investidor e o sócio capitalista exercem a mesma função, ou seja, aplicam dinheiro em uma empresa que tem grandes chances de retornar o capital investido. No entanto, enquanto o sócio capitalista está preocupado com a quantidade de dinheiro investido (o que, muitas vezes, significa que são necessários vários sócios capitalistas), o sócio investidor não tem essa preocupação e tem maior poder aquisitivo. Ou seja, ele investe todo o dinheiro necessário.

Nesse cenário, ainda existe o investidor de risco, que também não tem preocupação com o montante investido, mas ele quer retornos bem rápidos e bastante altos. Portanto, enquanto o sócio investidor aplica um montante alto e investe mais dinheiro quando necessário, compartilhando seu lucro com outros sócios, o investidor de risco quer receber tudo rapidamente.

Assim, o papel do sócio investidor é investir o dinheiro necessário tendo comprometimento com a empresa. Assim, o sócio investidor torna-se o maior acionista da empresa e tem a possibilidade de executar sua estratégia de negócios. No entanto, ele divide a gestão com outros gestores e acionistas.

Vantagens de ter um sócio investidor

A figura do sócio investidor não é muito comum no Brasil, mas bastante utilizada em vários países do mundo. Nesse sentido, existem algumas vantagens que podem ser citadas para a empresa que decide adotar um sócio investidor.

Competitividade

Para manter a competitividade no mercado, a empresa precisa ter uma quantidade específica de recursos. Com o mercado cada vez mais competitivo, é normal que seja difícil se destacar perante a concorrência. Por isso, um montante maior de dinheiro oferece a possibilidade de adotar mais estratégias para iniciar novos projetos de investimentos, melhorar a saúde financeira da empresa, contratar profissionais qualificados e ter mais ações direcionadas às vendas e ao marketing, que vão impactar diretamente no lucro da organização.

Renovação

Toda empresa precisa ser renovada, porque nenhum negócio deve permanecer sempre igual, conforme sua fundação. Essa renovação é derivada de diversos fatores, como inovações tecnológicas, novo comportamento do consumidor, novas ferramentas que podem ser utilizadas etc.

Esses fatores fazem com que o tipo de gestão aplicado antigamente não seja mais suficiente. Por isso, a chegada do sócio investidor ajuda a trazer mais fôlego para a gestão, aplicando novas práticas, as chamadas governanças. Além disso, o sócio investidor também revisa estratégias, realiza novos investimentos e enfatiza a necessidade de executar a visão estratégia da organização.

Expansão do negócio

Além de todas as possibilidades de benefícios já citadas, o sócio investidor atua principalmente na expansão do negócio. Como ele investe mais recursos, não se preocupa com a quantidade de dinheiro investida e ainda tem interesse de obter um retorno maior do que o capital inicial investido, ele se compromete com a empresa, o que acarreta, consequentemente, a expansão do negócio.

Ou seja, o sócio investidor pode até investir em uma empresa que esteja com problemas financeiros, mas seu foco principal não é a recuperação da organização, mas sim investimento em novas oportunidades e mercados, a fim de que a marca seja cada vez mais conhecida e o negócio, ampliado.

Contratação de financiamento

Com um sócio investidor, a empresa tem mais possibilidades de conseguir um financiamento. Isso porque o nível de endividamento dela aumenta, bem como sua alavancagem financeira. Esses financiamentos dão subsídio não apenas para a inovação do negócio, mas também para a contratação de mais profissionais e de materiais necessários (tanto como matéria-prima quanto para infraestrutura.

Crescimento

Por fim, o sócio investidor ajuda a empresa a crescer gradualmente, com calma, porém com solidez. Além disso, a empresa consegue manter sua autonomia e controle.

Como escolher um sócio investidor

Tomar a decisão de ter um sócio investidor é bastante difícil, mas, muitas vezes, é uma ação necessária. Para não errar e ter mais êxito nos negócios, é importante escolher um sócio investidor adequado, que combine com o perfil da empresa e do próprio empreendedor. Por isso, algumas características do sócio investidor devem ser consideradas.

Perfil

O perfil do sócio investidor é um dos primeiros requisitos que deve ser avaliado. O ideal é que a personalidade dele seja complementar ao da empresa. Ou seja, é importante que não se tenha grandes divergências de ideias, mas que o sócio investidor traga novas possibilidades para que o negócio tenha sucesso.

Nesse sentido, ter habilidades diferenciadas é uma boa opção. Por exemplo, se o empreendedor tem expertise em marketing, o sócio investidor pode ter mais conhecimento na área de tecnologia. Dessa forma, novas ideias podem surgir a qualquer momento.

Tarefas

A partir da entrada de um sócio investidor, é necessário dividir as tarefas. É importante que tanto o empreendedor quanto o sócio investidor tenham sob suas responsabilidades atividades nas quais sejam especialistas. Assim, a chance de acertar é maior.

Para não ter problemas, é importante acordar com o sócio investidor como será essa divisão de tarefas, a fim de que não haja alegações posteriores de que as regras e diretrizes estão sendo cumpridas de forma errada.

Em resumo, podemos afirmar que o sócio investidor tem um papel muito importante, investindo e trazendo novas possibilidades à organização. Ele deve se envolver com a empresa e modificar as práticas que considerar necessárias, mas sem alterar bruscamente a cultura organizacional para que não haja grandes rupturas, o que pode causar desconforto. Dessa forma, o sucesso é certo.

Transmita mensagens de forma memorávelPowered by Rock Convert

Sua comunicação não pode entrar em quarentena!  

 Nós podemos ajudar você com isso.
CONVERSAR COM UM CONSULTOR
close-link