17 técnicas de oratória para apresentações de impacto

10 minutos para ler
admin
Por Marketing

Conheça 17 técnicas de oratória para transformar a performance de sua próxima apresentação.

Falar bem em público é um verdadeiro drama para a maioria das pessoas.

Para se ter uma ideia, em uma pesquisa do ano de 2015, 41% dos participantes ouvidos no Reino Unido apontaram o receio de falar em público como o maior medo de suas vidas.

Mas não há o que temer. Falar em público de maneira confiante e assertiva é uma questão de prática e treinamento. 

Neste artigo, listamos 17 técnicas de oratória para apresentações de alto impacto. 

Conheça algumas das técnicas seguidas pelos grandes palestrantes de todo o mundo e veja como se preparar para envolver o público, na sua próxima apresentação. Confira!

As 17 técnicas de oratória para apresentações de alto impacto

Para falar bem diante do público e chamar a atenção da plateia, é preciso aplicar algumas técnicas de oratória no discurso que você irá proferir.

Afinal, durante um apresentação, variados fatores influenciam a percepção e o engajamento da audiência. 

Além da boa oratória, questões como a linguagem corporal e a prática fazem toda a diferença.

A seguir, listamos 17 técnicas e dicas de oratória, para que você consiga cativar a sua audiência, perdendo o medo de falar em público e transformando a sua apresentação para o alto impacto.

1. Prepare-se para a apresentação

O segredo de uma grande apresentação é uma boa preparação e essa é a primeira das 17 técnicas de oratória que vamos abranger.

A preparação vai te dar a confiança e segurança necessária para a explanação de uma boa matéria. 

Mas como fazer isso?

  • Reserve tempo para analisar a matéria que irá falar;
  • Estude o seu esboço, ou pauta;
  • Analise os pontos principais que você poderá destacar;
  • Desenvolva uma matéria atual que irá contagiar os seus ouvintes;
  • Treine o que vai dizer em voz alta.

2. Planeje o que vai falar

Normalmente, um orador ou palestrante recebe uma nota, pauta ou esboço do que irá dizer. 

Mas, uma das técnicas de oratória que mais faz diferença é o planejamento.

Mesmo sabendo com confiança a matéria e o tema que irá abordar durante sua apresentação, é importante fazer o seu próprio planejamento, para que o seu discurso fique personalizado, com a sua cara.  

Para isso, aí vão alguns passos importantes no planejamento de seu discurso:

  • Ao se preparar, pense em assuntos que preocupam ou interessam às pessoas e aplique isso ao seu tema;
  • Pense em acontecimentos atuais, problemas que talvez o país esteja enfrentando, assuntos que estejam diretamente ligados ao seu público;
  • Conheça a sua audiência, considerando aspectos como a formação e a idade média deles. Isso vai até te ajudar a preparar a linguagem da apresentação;
  • Faça mapas mentais e roteiros do que irá falar.

3. Treine a respiração

Você certamente já foi em uma palestra ou apresentação na qual o orador parecia respirar de forma ofegante. Isto certamente atrapalhou a sua compreensão do conteúdo que foi passado.

Para respirar corretamente durante uma apresentação, é preciso estar em posição ereta, com os ombros para trás.

Faça exercícios de respiração, para não desperdiçar o ar, deixando-o escapar muito depressa enquanto fala. 

Solte o ar aos poucos, mas não tente controlar a expiração contraindo os músculos da garganta.

Treine o seu discurso em voz alta, respirando como o indicado acima, várias vezes, até estar preparado.

4. Faça treinamentos em frente ao espelho

Umas das técnicas de oratória que mais dá resultado para uma boa performance em apresentações, é treinar em frente ao espelho. 

Mas, porque esta técnica é tão eficaz?

Porque, olhando para si mesmo no espelho, você conseguirá detectar os principais pontos que precisa melhorar. Você conseguirá verificar, por exemplo, se precisa melhorar a postura, a fala ou os seus gestos.

Todos esses pontos são importantes para o sucesso da sua palestra.

5. Observe a postura corporal ao treinar suas apresentações

Para falar bem em público, é preciso que a sua postura diante dele seja a mais natural possível.

Para você conseguir uma boa postura, faça alongamentos no dias que antecedem a apresentação, para eliminar a tensão.

Nestes alongamento, procure esticar as suas mãos, braços e pernas, também gire o seu pescoço lentamente.

Estes exercícios irão ajudá-lo a manter a atenção do público em seu discurso e não em sua postura corporal, durante a apresentação.

6. Também se atente para as pausas durante a sua fala

Durante a sua apresentação, fique atento às pausas em sua oração. Atente-se para não fazer pausas demais e nem de menos.

Fique atento a isso, pois muitos oradores acabam exagerando na hora da pausa e o assunto perde o sentido original, deixando as pessoas confusas.

Procure fazer pausas apenas onde for necessário, mas, é claro, também não precisa ser um “narrador de futebol de rádio”, ao falar.

O importante é orientar a sua fala de modo que ela seja natural e confortável a quem ouvir.

7. Lembre-se: Não é preciso ficar parado durante seu discurso

Quando vamos fazer uma palestra ou apresentação em público, a tendência natural é de ficarmos incomodados, pois sabemos que muitas pessoas irão nos observar.

Pensando nisso muitos oradores travam, ou seja, fazem a palestra inteira sem sair do lugar.

Mas, será que isso é bom? A resposta definitiva é que não! Isso só atrapalha a concentração de quem está assistindo. 

O que fazer então?

Neste aspecto, uma das técnicas de oratória mais práticas e interessantes é a de você ficar num ponto por alguns instantes, ou minutos, e depois mudar de lugar e continuar falando.

Isso irá ajudá-lo a não ficar como “um poste” e nem ficar “zanzando” de um lado para outro sem rumo.

8. Mas atente-se para os movimentos involuntários

Também é importante ter cuidado com os movimentos involuntários durante a sua apresentação.

Como vimos, uma das técnicas de oratória mais importantes é a de movimentar-se enquanto faz uma palestra.

Porém, tome cuidado com movimentos involuntários, tais como:

  • Balanço de perna;
  • Ficar mexendo no cabelo;
  • Estalando os dedos, sem perceber, e toques desse tipo.

Atente-se para estes movimentos e procure eliminá-los já na fase de preparação da sua apresentação. 

Uma prática que demonstra como o ato de falar de em público é muito mais complexo e cheio de nuances.

9. Seja objetivo em seu discurso

Uma das técnicas de oratória mais importantes é a de ser objetivo em suas apresentações.

Hoje em dia, as pessoas não têm tempo a perder. Elas não querem ouvir uma enorme palestra, onde o orador não chega ao seu objetivo principal.

Portanto, não enrole. Vá direto ao ponto, mas sem ser rude. 

Explique o que realmente a matéria quer dizer, de modo a envolver a audiência, para que as pessoas não desistam e vão embora no meio do seu discurso.

10. Faça do PowerPoint seu aliado

Use as ferramentas disponíveis para enriquecer a sua apresentação!

O Powerpoint é uma excelente ajuda para mostrar imagens e deixar a palestra mais agradável e fácil de entender.

Quando precisar explicar algo complexo, use uma apresentação de Powerpoint e vá explicando em um passo a passo o que fazer.

Mas não fique lendo o que está escrito na tela. 

Isso é desagradável e você causará a impressão de que não domina totalmente o assunto que está sendo falado na palestra.  

11. Uma dose de humor cai bem: Mas vá de acordo com o seu público

Em muitos casos e para a maioria das audiência, uma palestra descontraída é um fator importante para engajar o público.

Afinal, ninguém quer ir para uma palestra e ouvir um orador completamente sério e frio.

Porém leve em conta os seus ouvintes. Uma dose exagerada de humor pode tirar a seriedade do assunto em questão.

Por isso, ao definir quando utilizar doses de humor em suas apresentações, pergunte-se:

  • Eles vão entender o meu humor?
  • Estou lidando com pessoas de qual faixa etária?
  • Qual a formação dos meus ouvintes?

12. Faça uso do storytelling para contar grandes histórias

O ser humano naturalmente gosta de ouvir histórias emocionantes, reais e verdadeiras. 

E é a partir deste desejo natural nosso, que a técnica de storytelling ganha corpo.

O storytelling está entre as principais técnicas de oratória, pois realmente funciona para engajar e envolver o seu público.

Se o seu tema permitir, introduza no meio do discurso alguma história que tenha a ver com o assunto. 

A audiência vai se identificar e vai ficar presa ao que você diz.  

13. Quebre a expectativa do público

O storytelling pode ser utilizado também para quebrar a expectativa do seu público.

Dependendo do seu tema, você pode criar um problema em comum com todos que ouvem e, imediatamente, apresentar a solução.

Isso criará um quadro mental nos ouvintes, que vão levar o que você diz para sempre em suas memórias. E vão se lembrar de que você é um bom orador.

14. Não fique pedindo desculpas o tempo todo

Muitos palestrantes não usam as técnicas de oratória e pecam nessa hora.

Eles ficam pedindo desculpas o tempo todo. Seja por algo que fizeram de errado no meio do discurso, ou por simplesmente algo que disseram que não agradou a todos.

Isso é um erro, pois mostra insegurança e incerteza naquilo que está dizendo. Não faça isso sem necessidade.

Se cometer algum erro, como uma palavra errada, por exemplo, corrija imediatamente e siga em frente.

15. O seu público não é feito de robôs, você pode interagir com ele

Um dos principais problemas em apresentações e palestras é a falta de interatividade do orador com a audiência.

O seu público irá gostar de participar da palestra. Peça para eles escreverem, desenharem, contarem ou responderam alguma questão.

Se a palestra for longa, faça pequenos exercícios de vez em quando com a plateia. 

Isso ajuda a trazer o interesse pelo assunto.

16. Procure inspiração em grandes palestrantes

Hoje temos em mãos uma ferramenta importante: a internet. 

Procure nela grandes palestrantes e inspire-se na forma com a qual eles conduzem suas apresentações.

Analise os palestrantes de seu interesse e veja algumas coisas importantes, tais como o jeito que falam e o modo de se comportarem diante do público.

Isso vai ajudar você a criar um perfil de orador e verificar qual se encaixa mais com o seu perfil.

17. Colha feedbacks para a sua própria evolução

Essa é uma dica importante para as suas apresentações: Analise o seu progresso.

Peça para alguém filmar as suas palestras e depois as assista para ver o seu desempenho. Além disso, também pergunte aos ouvintes o que acharam de sua apresentação e o que você pode melhorar.

Isso contribui para o seu crescimento enquanto orador, já que com esses feedbacks você poderá aprimorar as suas técnicas de oratória.


Transmita mensagens de forma memorávelPowered by Rock Convert

Sua comunicação não pode entrar em quarentena! 

Nós podemos ajudar você com isso.
CONVERSAR COM UM CONSULTOR
close-link