Gatilhos mentais: como utilizar em sua estratégia de marketing digital

7 minutos para ler
admin
Por Marketing

Sabe quando você está navegando pela internet, encontra um anúncio e quando percebe já comprou uma camiseta ou assinou um novo serviço de streaming? Então, você muito provavelmente foi pego por um gatilho mental! Quer saber como isso acontece e como você pode utilizá-lo no Marketing Digital? Continue lendo!

O nosso dia a dia é permeado por decisões. Todas as ações que realizamos – seja a roupa que vamos usar, o caminho que vamos percorrer para chegar ao trabalho ou, até, a leitura desse post – são produtos de uma decisão que tomamos. 

Elas são baseadas em uma série de fatores, internos e externos, relacionados ao psicológico que nos fomenta a fazer as coisas.

Quando se trata do consumo esse fato é ainda mais proeminente, pois somos diretamente influenciados a todo o momento para comprar e consumir.

É por esse motivo que para que uma estratégia de marketing dê certo é preciso entender quais são os motivos que nos levam a optar por uma empresa/produto/serviço. 

E é  aí que os gatilhos mentais entram. 

Para entender melhor o que são e como eles podem ser utilizados na sua estratégia de Marketing Digital continue lendo!

Afinal, o que são gatilhos mentais? 

De forma geral, os gatilhos mentais são motivadores psicológicos, atividades cognitivas e padrões de comportamento que levam as pessoas a fazer uma ação.

Eles servem como recurso pelo cérebro para facilitar a tomada de decisão, pois, à vezes, é cansativo ficar pensando a todo momento o que deve ser feito ou não. 

Sendo assim, algumas palavras de ordem nos ajudam a tomar decisões mais assertivas dentre as muitas escolhas e caminhos disponíveis. 

Podemos dizer, então, que os gatilhos mentais estão ligados às decisões que tomamos automaticamente. 

Gatilhos mentais no Marketing

Os gatilhos mentais são ferramentas essenciais para a escrita persuasiva, pois ajudam  a despertar emoções por meio de frases de impacto e palavras de ordem. 

Sendo assim, no Marketing os gatilhos mentais estão intimamente ligados aos textos feitos para CTAs (Call to Action).

E não só isso, eles também estão em peças publicitárias inteiras de todos os segmentos. 

Vale ressaltar, no entanto, que as emoções despertadas são diferentes de pessoa para pessoa, porém é possível prevê-las a partir  da persona. 

Por exemplo:

Uma clínica odontológica especializada em tratamentos estéticos tem o objetivo de atrair pessoas que queiram colocar  lente nos dentes

Para isso, eles levantam os dados de seu público-alvo e criam uma persona que representa a maioria do seu público. 

A partir disso, eles desenvolveram toda uma estratégia de Marketing Digital para divulgar a  lente de contato dental voltado para essa persona. 

Para despertar as emoções eles usam os gatilhos de novidade e prova social porque sabiam que sua persona é convencida por meio dos sentimentos despertados por eles (veremos do que esses gatilhos  se tratam mais a frente). 

Exemplos de gatilho mentais 

Ao todo, existem cerca de 23 gatilhos mentais. Nós poderíamos ficar o dia todo listando e explicando cada um deles, no entanto, isso seria impossível. 

Por isso, separamos quatro exemplos de gatilhos mentais que são muito utilizados na publicidade e como eles podem ser aplicados no Marketing Digital. 

1.Escassez

Esse é um dos principais gatilhos do Marketing Digital, pois ativa a sensação de que a pessoa pode estar perdendo uma grande oportunidade. 

O nosso cérebro associa a escassez com valor. Sendo assim, quanto mais raro e exclusivo algo é, mais valor atribuímos a ele. 

É só imaginarmos o tanto de objetos de edição limitada que são vendidos rapidamente e por um preço mais alto justamente por serem “escassos” no mercado. 

Para utilizar esse gatilho você pode realizar eventos online com vagas limitadas, oferecer uma determinada quantidade de cupons de desconto ou disponibilizar uma quantidade limitada de uma  variação do seu produto. 

2. Urgência

A urgência é outro gatilho que nos faz atribuir maior valor a algo. Isso porque, quando um produto ou serviço é disponibilizado por tempo limitado temos a urgência de consumi-lo antes que ele acabe. 

No marketing é possível usar esse gatilho oferecendo produtos/serviços em quantidade ou tempo limitado. É importante deixar claro que os preços ou condições de pagamento serão oferecidas até certa data ou enquanto durar o estoque. 


Outra estratégia que ajuda a aumentar o sentimento de urgência é sugerir que o interesse pelo produto/serviço naquelas condições é alto. Lembrando que isso deve ser verdade. 

Um grande exemplo do uso da urgência é a Black Friday, pois esse grande evento oferece um dia para realizar uma compra com desconto.

No caso da produção de conteúdos o uso de frases, como “Continue lendo esse post para saber como fazer sucesso com Marketing de Conteúdo!” ou “Por que você deve investir no e-commerce” são exemplos do gatilho mental de urgência. 

3.Novidade

A verdade sobre nós é que adoramos uma novidade  Aquilo que não conhecemos costuma nos despertar curiosidade. Por isso, sempre estamos dispostos a comprar um produto inédito no mercado apenas pela sensação de ter algo novo. 

Aqui, além do sentimento da novidade também despertamos a sensação de urgência. 

Uma boa estratégia é utilizar o e-mail marketing com um título que contenha a palavra “novo” ou variações dela. 

Assim, quando a pessoa clicar no e-mail basta oferecer uma novidade a ela – seja um serviço ou produto. 

No caso do exemplo anterior a clínica pode enviar um e-mail para os seus clientes e leads dizendo que agora ela conta com um novo aparelho ortodôntico transparente, explicando um pouco mais sobre esse novo tratamento (tomando cuidado com as legislações da área odontológica). 

4.Prova Social 

Apesar de sempre ficarmos instigados pela novidade ninguém quer pagar para ser cobaia de serviços ou produtos, não é mesmo? É só observarmos o nosso comportamento na internet: não nos propomos a fecharmos negócio sem antes procurar a opinião de outras pessoas sobre a empresa em questão. 

O gatilho da aprovação social aborda justamente isso. Utilizando-se de depoimentos, comentários e números ele valida e estimula uma ação. 

Outras maneiras de provar para a sua persona que o seu serviço ou produto já foi testado e aprovado por muitas pessoas é por meio de falas de especialistas e pesquisas de mercado. 

Esse gatilho tem por objetivo destacar a credibilidade não só em peças publicitárias, mas também nas redes sociais, nas chamadas do facebook, post no instagram, etc. 

Assim, a clínica do nosso exemplo pode utilizar a seguinte chamada em um post de blog para quem procura pelo termo lente de contato dente no Google: 

“X% de pessoas que colocaram lente de contato dental aprovaram o resultado final”

“ [valor x] entre cada [valor z]  dizem ter melhorado a autoestima após colocar lente de contato nos dentes”

Comece a usar os gatilhos mentais!

Você pode até não ter percebido, mas muito provavelmente já foi influenciado por gatilhos mentais inúmeras vezes ao longo da vida. 

Bom, agora que você já sabe o que eles são e como eles podem te ajudar a fazer das suas estratégias de Marketing Digital mais assertivas chegou a hora de utilizá-los a seu favor. 


Ressaltamos que existem inúmeros outros gatilhos mentais, por isso, continue estudando para descobrir quais são as melhores alternativas que te ajudarão a aumentar o engajamento dos seus posts e gerar mais conversões.  

Texto produzido por Estela Lima, redatora da empresa Vue Odonto. 

Transmita mensagens de forma memorávelPowered by Rock Convert

Sua comunicação não pode entrar em quarentena!  

 Nós podemos ajudar você com isso.
CONVERSAR COM UM CONSULTOR
close-link