Como se preparar para o retorno ao trabalho presencial

5 minutos para ler
admin
Por Marketing

Veja dicas infalíveis que farão com que a sua volta ao trabalho presencial seja tranquila e agradável. 

Depois de quase 2 anos trabalhando de forma remota, devido a pandemia do covid-19, algumas questões devem estar pairando sobre a sua mente no que se refere a retomada ao trabalho presencial. Questões estas como:

  • Terei que ir até o ambiente físico de trabalho todos os dias? 
  • Quais serão os cuidados que a minha empresa adotará para este retorno?
  • Precisarei fazer alguma adaptação no espaço?
  • Contarei com custos com equipamentos de proteção? 

Pensando em responder a estes e outros questionamentos e ajudar você a se organizar da melhor forma possível para isso, leia este artigo até o final com uma série de dicas que farão toda a diferença nesta fase de planejamento!

Antes de mais nada, é importante lembrar que cada empresa terá que se adequar às regras de higienização e distanciamento social de acordo com o seu segmento, número de funcionários e estrutura. Uma loja de poucos atendentes, por exemplo, não funcionará como uma multinacional. No entanto, seja para pequenas, médias ou grandes empresas, os cuidados são os mesmos, sendo necessário apenas a adaptação correta para cada caso!

Tópicos essenciais para o retorno ao trabalho presencial:

Equipamentos de proteção

Já ficou mais do que claro o quanto as máscaras de proteção vieram para ficar. Mesmo com os avanços da vacinação, ainda é imprescindível o uso das máscaras, principalmente no ambiente de trabalho. 

Para este retorno, é necessário que o empregador esteja ciente desta questão e disponibilize as máscara aos seus colaboradores. Caso a empresa ou o negócio não conte com a verba necessária para adquiri-las e distribuí-las, torna-se necessário que os funcionários as tragam de seus próprios lares.

O uso de máscara é obrigatório, portanto atente-se a isso!

Outro equipamento de proteção que também é fundamental para qualquer empresa é o álcool em gel 70%. Se possível, espalhe vários frascos por todo o ambiente de trabalho, para que as pessoas possam ir higienizando as mãos ao longo de todo o dia. 

Adaptações do ambiente físico

Ninguém esperava por algo como uma pandemia dessa proporção, isto é fato! Portanto, é quase impossível retornar ao trabalho em um ambiente físico igual ao que era antes. Sendo assim, o tópico 2 desta preparação é o que se refere às mudanças que terá que fazer na empresa, escritório ou loja, por exemplo, para este novo momento. 

Quanto ao distanciamento social, será necessário que os funcionários fiquem em mesas e cadeiras separadas, de preferência com 1 metro ou 1 metro e meio de distância entre elas. Outra forma também de estabelecer esta distância é através das divisórias de acrílico, que, inclusive, são excelentes para áreas de refeição e café. 

Para locais em que há a recepção do público, é sugerido as demarcações no chão, que evitam a proximidade das pessoas em filas e caixas. 

Um modo de minimizar a propagação do vírus e possibilitar uma maior circulação do ar é deixar as portas e janelas sempre abertas.

Além disso, vale alertar os colaboradores sobre o uso de itens descartáveis, como: pasta de dente, sabonete, toalha, copos, pratos e talheres. 

Tudo o que for adaptável para que os objetos e itens de trabalho não sejam compartilháveis será um excelente investimento, tanto para os empregadores, quanto para os funcionários. Lembre-se, nesta retomada todo cuidado é pouco (extremamente necessário). 

Orientações e lembretes 

Com o passar do tempo, as pessoas tendem a relaxar diante dos cuidados com higienização, distanciamento social e aglomeração. Por isso, mantenha uma comunicação interna eficaz com os seus funcionários.

Espalhe lembretes educativos por todo o ambiente físico de trabalho. Além disso, que tal usar a tecnologia a seu favor? Elabore vídeos interativos e educativos que possam ser compartilhados entre todos. 

Condutas para o trabalho presencial

Por mais que há a ansiedade em rever os amigos de equipe e de retornar a rotina possam estar à flor da pele, é essencial entender que estamos vivendo uma fase de cuidados, portanto precisamos nos adaptar às novas condutas de convívio social

A primeira delas é com relação aos gestos. Evite os abraços, beijos no rosto ou ações parecidas. Opte pelo toque de mão, que oferece menos riscos de contato físico!

Se possível, faça reuniões em ambientes ao ar livre ou até mesmo através de videoconferência. Quanto menos você aglomerar a sua equipe, melhor. 

Se houver a possibilidade de estabelecer horários de trabalho flexíveis aos seus funcionários em que há o menor fluxo de pessoas em transportes públicos, faça isso. Será uma tranquilidade maior para eles, que ainda estão receosos em sair de casa, e para você, que não colocará em risco toda uma equipe. 

Agora que você já leu tudo sobre como se preparar para o retorno ao ambiente físico de trabalho e já se organizou com todas as adaptações necessárias, é hora de voltar!

E, não deixe também de ler um artigo que pode ajudar muito:

fale_conosco