Como as Ações de Engajamento nas Empresas Aumentam a Lucratividade

12 minutos para ler
admin
Por Marketing

A formatação de um plano de ações de engajamento nas empresas é um processo que uma organização deve criar para identificar e priorizar suas atitudes.

Além disso, também é capaz de identificar mudanças rápidas e simples.

Isso serve para demonstrar aos seus funcionários que a organização está determinada a definir um plano de ação ao receber qualquer formulário de feedback sobre os níveis de engajamento dos funcionários dentro da organização.

Afinal, dados sem ação não têm sentido.


O que é Gestão Empresarial e como gerar resultados efetivos?


Se sua organização tem alto índice de rotatividade, funcionários desmotivados ou que não identificam o conceito da sua marca, o problema pode estar no engajamento.

Portanto, ações de engajamento nas empresas oferecem uma mudança substancial em termos de como o engajamento dos funcionários é percebido em sua organização.

Por que promover ações de engajamento nas empresas

Em uma pesquisa realizada com líderes de RH em todo o mundo identificou que 50% deles raramente ou nunca fazem algo significativo com os resultados de sua pesquisa de clima. 

Os motivos são alarmantes:

  • Os dados coletados se concentram nos resultados e não nos motivadores
  • É difícil para nós, temos prioridades concorrentes, somos empregos diurnos
  • É difícil gerenciar equipes internas para o progresso em algo que nem mesmo é prioridade
  • São dados sobre as coisas que já aconteceram, atrasam qualquer novo indicador. Não é preditivo, é difícil transformá-lo em conhecimento sobre o que vai acontecer

Logo, o que muitas empresas não entendem é que deve-se investir nesse tipo de ação da mesma forma que se investe em qualquer outro sistema em um negócio. 

Investimos em nossos sistemas de contabilidade, sistemas de marketing, em nosso sistema de vendas, em nossas instalações de produção…

Mas onde fica o engajamento das pessoas?

ações de engajamento nas empresas

Portanto, se o engajamento (e a cultura) são realmente importantes como dizemos, por que evitamos investir nisso?

De qualquer forma, isso também requer recursos, investimento e intenção. 

Afinal, este não é um processo que ocorre apenas uma vez, é necessário ser um esforço contínuo para implementar, aprimorar e alinhar gerações de funcionários.

Outro estudo conduzido pela Gallup, identificou que apenas 15% dos funcionários estão engajados em seu trabalho. 

Além disso, a pesquisa aponta que as organizações que têm altas taxas de engajamento de pessoal são 21% mais lucrativas do que a concorrência.

Engajamento é solução na economia criativa

O engajamento dos funcionários no ambiente de trabalho afeta diretamente a motivação do pessoal.

Além disso, melhora a produtividade, a moral da força de trabalho, diminui a rotatividade e potencializa a experiência dos funcionários.


A motivação no ambiente de trabalho:
como melhorar a produtividade de seus funcionários


Logo, trabalhadores ativamente desvinculados custam dinheiro às organizações, enquanto os funcionários engajados são ativos de alto desempenho e lucratividade.

Não há dúvida que níveis mais altos de engajamento dos funcionários são bons para o negócio.

Afinal, empresas com um grande número de funcionários engajados registraram percentuais de lucro melhores, não são apenas os ganhos monetários, isso fala muito sobre a cultura do local de trabalho.

Como identificar as melhores Ações de Engajamento nas Empresas

Antes de começar a montar o plano, considere algumas questões para obter melhor clareza e direção enquanto traça a estratégia do plano de ações de engajamento nas empresas:

Quais áreas de melhoria resultarão em ganhos estratégicos nos níveis de engajamento dos funcionários?

Alguma das áreas de melhoria já está alinhada com a direção estratégica atual?

A mudança está sendo considerada razoavelmente?

Qual é o montante do fundo que a organização pretende investir?

A organização está pronta para entregar o que é promissor?  

É fundamental questionar a estratégia durante o período de incubação. 

Uma vez que o plano está na fase de implementação, seria bastante difícil mudar constantemente a forma como ele está sendo implementado. 

Então, é aconselhável estudar minuciosamente todos os atributos relacionados aos níveis de engajamento dos funcionários em sua organização antes de criar um plano de ação.


Missão da empresa: Como apresentar e transmiti-la aos colaboradores


Aqui estão algumas das coisas que você pode fazer para obter ganhos rápidos que irão melhorar os níveis de envolvimento dos funcionários:

  • Providencie para que os funcionários se reúnam a cada quinze dias com seu gerente ou supervisores para que tenham a oportunidade de dizer o que pensam e desejam;
  • Defina um orçamento separado para treinamento e desenvolvimento de funcionários para melhorar as atividades de aprendizagem dos funcionários;
  • Crie um processo abrangente de integração de funcionários para melhorar os níveis de engajamento dos novos funcionários;
  • Ter a liderança da organização para dar clareza sobre a visão, missão e objetivos da organização, para que os funcionários saibam o que a organização espera deles.

3 dicas para criar um plano de ações de engajamento nas empresas

1. Seja estratégico

Planos de ação de engajamento de funcionários de longo prazo – aqueles que levarão mais de 12 meses exigirão uma comunicação detalhada. 

As organizações geralmente são boas em comunicar aos funcionários sobre outras estratégias de longo prazo que se alinham com seu crescimento.

Porém, quando se trata de engajamento dos funcionários, a liderança tende a ficar muda.

Certifique-se de integrar o plano de ação de engajamento dos funcionários com outros planos e estratégias da sua organização e comunicá-lo de forma eficaz aos seus funcionários. 

Atualize seus funcionários se houver alguma alteração proposta no plano, preencha a lacuna . 

2. Envie pesquisas em intervalos de tempo fixos

Mantenha sua pesquisa de engajamento de funcionários curta e precisa. 

A pesquisa não precisa ter 20 perguntas, ela pode fazer três ou quatro perguntas relevantes e coletar percepções significativas para tomar decisões informadas.

3. Não pare, não importa o que aconteça

Não se sinta desapontado se não alcançar os resultados desejados na primeira tentativa. 

Lembre-se de que Roma não foi construída em um dia. Sempre há algo novo afetando sua cultura. 

Mudança de liderança, novos funcionários, podem ser os fatores que atribuem aos níveis de envolvimento dos funcionários em constante mudança dentro da organização. 

Sempre há uma possibilidade de ajustar o que você está fazendo para obter melhores resultados.

Benefícios do Plano de Ação de Engajamento do Funcionário

Aqui estão alguns dos benefícios cruciais de um plano de ação bem elaborado:

Melhor produtividade no local de trabalho

Estudos têm mostrado que funcionários engajados são mais diligentes do que seus colegas.

Na verdade, o estudo mostra que eles são 43% mais produtivos do que funcionários que simplesmente aparecem para trabalhar sem qualquer motivação

Portanto, é verdade para a maioria das empresas, que os funcionários nos quais investem mais ou estão mais engajados em seu local de trabalho, sentem que é sua responsabilidade pessoal tomar iniciativas.

Maior satisfação do funcionário

Melhores níveis de satisfação dos funcionários levam a vantagens de marketing interno para uma organização. 

Então, não importa qual negócio você está administrando, é sempre bom ter funcionários que podem atestar a organização e serem os defensores da marca, aumentando assim o Net Promoter Score dos funcionários. 

Com as plataformas de mídia social sendo mais poderosas do que nunca, o famoso “boca a boca” negativo pode arruinar a reputação da marca.

Olhe por outro viés então: imagine o que uma conversa positiva de um funcionário satisfeito e feliz no trabalho pode fazer pela sua marca!

Menor taxa de rotatividade

Naturalmente, os funcionários que estão satisfeitos em seus locais de trabalho tendem a permanecer mais tempo na organização.

Logo, como resultado, as empresas com níveis mais elevados de engajamento dos funcionários apresentam menores taxas de evasão

Melhores níveis de engajamento e menores taxas de atrito certamente irão ocupar os lugares de sua organização e também ajudá-lo a ter um melhor desempenho no mercado de negócios cada vez mais competitivo

As empresas no século XXI perceberam que não precisam apenas lutar contra os negócios locais, a luta para se manter à frente é global.

Melhor equilíbrio entre vida pessoal e profissional

Os funcionários que estão interessados ​​em seu trabalho têm mais probabilidade de encontrar um bom equilíbrio entre vida pessoal e profissional

É um relacionamento mutuamente benéfico. 

Enquanto os funcionários sentem a necessidade de trabalhar duro e gastar seu tempo com sabedoria no trabalho, os empregadores ficam felizes com o fato de seus funcionários serem diligentes nas atividades. 

Portanto, o engajamento ajuda os funcionários a atingirem seus objetivos e metas, enquanto os esforços dos empregadores para reconhecer isso aumenta o engajamento.

Crescimento da receita

Por último, mas não menos importante, você não pode prejudicar os benefícios financeiros de manter seus funcionários engajados. 

Uma força de trabalho que investe pessoalmente na organização ajudará sua empresa a registrar um melhor crescimento de receita

Na verdade, de acordo com Watson Wyatt, as empresas com níveis mais altos de engajamento geram um crescimento de receita 26% maior do que suas contrapartes.

5 Ações de Engajamento de Funcionários nas Empresas e Startups

1. Envolva seus funcionários em seu processo de planejamento de negócios

Determine um período de tempo para apresentar os assuntos mais importantes da sua empresa e as ações realizadas para resolvê-los. 

Envolva sua equipe no planejamento futuro, avaliando oportunidades e surgindo com ideias de melhoria para sua estratégia de negócios.

Logo, ao promover a transparência e oferecer a eles uma visão estratégica de como a empresa está sendo administrada, você promoverá a lealdade e também terá um pipeline de liderança preparado.

2. Crie um sistema de compartilhamento de conhecimento

Um dos maiores custos da alta taxa de rotatividade de funcionários é a perda de informações essenciais

Um sistema de compartilhamento de conhecimento ajuda a evitar esse custo, até certo ponto, e também é um grande motivador de engajamento para os recém-chegados.

Você pode ter um programa de mentoria, juntando funcionários experientes com os recém-contratados ou usar um software de comunicação. 

Então, crie um modelo de programa de aprendizagem que eles devem seguir, dando-lhes espaço suficiente para testar seus próprios métodos de aprendizagem. 

Dê a eles um prazo, um conjunto de objetivos e deixe o relacionamento se desenvolver por conta própria.

3. Incentive e forneça oportunidades de aprendizagem

Crie sua própria Academia, onde os funcionários podem acessar o conhecimento e as oportunidades de desenvolvimento que precisam. 

Esta é uma das 3 principais razões pelas quais os funcionários deixam as empresas: falta de perspectivas de aprendizagem.

Avalie suas necessidades e preferências, crie um currículo e configure de 1 a 2 aulas por semana. 

Envolva-os na decisão de como você deve programar essas iniciativas de aprendizagem (durante ou após o horário de trabalho).

Torne-o envolvente e gratificante com uma cerimônia de formatura, bonés e flores e até mesmo uma noite divertida.

4. Promova um TEDx interno

Tenha sua própria empresa TEDx-like Talks, onde você pode compartilhar ideias, aumentar a criatividade e incentivar a inovação.

Torne seu local de trabalho menos voltado para o trabalho e mais voltado para as pessoas. 

Suas ideias, experiências e aspirações. 

Dê a eles a chance de serem a fonte de sua própria inspiração, aumentando o moral e a criatividade de todos na empresa.

Aliás, você pode torná-lo um evento próprio ou incluí-lo em outro evento que já esteja planejando.

5. Retribua honestamente

Finalmente, envolva-se em iniciativas sociais e de caridade. 

Retribuir cria uma mentalidade positiva. Também estimula o orgulho e a lealdade.

Então, reúna a equipe, peça a todos que defendam uma causa e escolha aquela que você deseja apoiar. 

É importante que você torne isso pessoal, que faça valer a pena. Você pode doar tempo e envolvimento, ou dinheiro, ou ambos.

Normalmente, dar tempo é mais recompensador do que dar dinheiro.

Especialmente para funcionários da geração Y, que são altamente orientados para o envolvimento social.

fale_conosco