Guia Fácil para iniciar um programa de treinamento in company e tornar seus funcionários bem sucedidos

17 minutos para ler
admin
Por Marketing

Se sua empresa ainda não tem um programa de treinamento in company para funcionários, agora é o melhor momento para começar um.

Afinal, a tecnologia está evoluindo rapidamente e as empresas estão lutando para se manter firmes em um cenário cada vez mais competitivo.


Como as Ações de Engajamento nas
Empresas Aumentam a Lucratividade


A transformação digital significa que algumas habilidades estão se tornando permanentemente obsoletas, enquanto outras são mais exigidas. 

Portanto, esses fatores tornam o treinamento in company uma forma eficiente e eficaz.

Além disso, se torna ainda mais crucial para as empresas que desejam manter uma vantagem competitiva.

Uma pesquisa mundial de CEOs descobriu que 80% estão preocupados com a disponibilidade de habilidades essenciais.

E mais da metade se esforça para encontrar novos contratados competentes. 

Os programas de treinamento in company de funcionários e, por extensão, os departamentos de Aprendizagem e Desenvolvimento são ferramentas poderosas na contratação, retenção e reciclagem de funcionários.

Claro, o lançamento de um novo programa de treinamento não é tão simples quanto solicitar alguns cursos e obrigar a presença do funcionário. 

Logo, as empresas que avançam com entusiasmo sem o planejamento adequado muitas vezes sofrem com metas de negócios desalinhadas.

A propósito, departamentos sobrecarregados e falta de adesão da diretoria criam um verdadeiro caos na comunicação interna. 

Qualquer um deles pode afundar seu programa de treinamento assim que começar.

Arrume a casa para iniciar seu treinamento in company

Não se engane: a educação ainda é um componente importante no desenvolvimento dos funcionários e no avanço da empresa.

Então, se sua empresa se encontra com dificuldades de gerenciar pessoas e manter a comunicação alinhada, invista em arrumar a casa antes.


Comunicação Empresarial:
o que é e qual a sua importância para as corporações


Portanto, o primeiro passo é orientar a equipe para um treinamento in company voltado à gestão e processos.

Atualize seu conjunto de habilidades para permanecer relevante

Com o progresso, vem a mudança

No entanto, no ambiente de trabalho moderno em constante mudança, essas habilidades podem ser terrivelmente insuficientes.

Além disso, podem acabar não sendo utilizadas para atingir os objetivos e metas de uma organização


Como as Ações de Engajamento nas
Empresas Aumentam a Lucratividade


Desenvolvimentos revolucionários e transformacionais estão acontecendo em todos os campos e setores.

Portanto, se a tecnologia da informação era grande, a Inteligência Artificial é ainda maior. 

Então, a robótica já está sendo usada em um número crescente de empresas em diversos setores e indústrias. 

Aliás, a robótica e a inteligência artificial estão devorando empregos em um ritmo alarmante. 

A automação está afetando as perspectivas de emprego, especialmente no setor de varejo.

Além disso, espera-se que milhões de pessoas tenham suas funções obsoletas devido essa tecnologia até a próxima década. 

A automação pode fazer com que até mesmo especialistas altamente qualificados pareçam desnecessários. 

No entanto, os humanos continuam a entregar resultados superiores em todos os trabalhos que envolvem criatividade, habilidades interpessoais e inteligência emocional.


Treinamentos de liderança: por que eles são ótimos investimentos?


É por isso que há uma necessidade inerente de funcionários em potencial atualizarem seus conjuntos de habilidades para permanecerem relevantes. 

Um ingrediente chave para o sucesso na vida e nos negócios é a capacidade de se adaptar às mudanças no ambiente de trabalho e a habilidade para abraçar e aceitar as mudanças tecnológicas.

Com máquinas e aplicativos inteligentes marcando presença em grandes organizações e em um mundo altamente conectado, as qualificações profissionais estão mudando drasticamente.

As organizações também estão acordando para o fato de que não serão capazes de administrar seus negócios com eficiência se não se adaptarem a essas mudanças. 

Logo, o treinamento in company é o primeiro passo nessa direção.

O treinamento deve ajudar a construir uma empresa mais forte

Primeiramente, o treinamento é mais do que apenas criar funcionários mais preparados. 

Logo, um programa de treinamento in company bem implementado leva uma empresa a ser mais forte e competitiva.

Aqui estão algumas das metas de treinamento que podem ser vinculadas aos objetivos maiores da empresa:

1. Aumentar a produtividade e o lucro

Dê aos funcionários os recursos de que precisam para se tornarem mais eficazes e eficientes em seus empregos e impulsionar os resultados financeiros da empresa.

treinamento in company

A equipe de vendas é o marco zero para aumentar os lucros da empresa. 

Estudos mostram que empresas com treinamento prático em vendas fecham mais negócios. 

É fácil medir o ROI do treinamento de vendas para provar o impacto de seus programas diretamente.

Os efeitos do treinamento na produtividade geral da empresa não param nas vendas. 

Os benefícios se estendem a todos os departamentos da empresa. 

De acordo com a HR Magazine, as empresas que investem pelo menos US $ 1.500 em treinamento por funcionário têm um aumento de 24% nos lucros em comparação com as empresas que não o fazem. 

De acordo com o mesmo artigo, um aumento de 10% nos programas de desenvolvimento levou a um aumento de 6% na produtividade de toda a empresa.

2. Aprimorar a integração

Um bom programa de integração ajuda os novos funcionários a aprender sobre a empresa e as habilidades de que precisam para realizar seu trabalho. 

treinamento in company

Uma integração mais eficaz ajuda os funcionários a se desenvolverem mais rapidamente e estimula a produtividade. 

Empresas com programas robustos de integração experimentam um aumento de 70% na produtividade de novas contratações.

Mas isso não é tudo. 

É essencial formar um relacionamento saudável com os funcionários durante as primeiras semanas de uma nova contratação. 

Um bom programa de integração pode aumentar a retenção de novos contratados em 82% , economizando milhares de custos de substituição de funcionários para a empresa.

3. Eliminar a lacuna de habilidades

A transformação digital é uma faca de dois gumes, pode ser um grande problema como também uma grande aliada no momento. 

Conforme a tecnologia evolui, muitas empresas não conseguem acompanhar a demanda por funcionários qualificados que possam trabalhar com novas tecnologias. 

treinamento in company

79% dos CEOS temem que a falta de habilidades essenciais possa prejudicar o crescimento de sua organização.

Programas de requalificação que se baseiam nas habilidades existentes dos funcionários e programas de requalificação…

São pontos cruciais do treinamento in company que treina funcionários em áreas totalmente novas.

Com isso, a empresa ajuda a alavancar os funcionários que já possui para atender às demandas da era digital.

4. Contratar e reter os melhores funcionários

As empresas estão cada vez mais aproveitando os programas de treinamento como um benefício para funcionários em potencial. 

Programas de L&D sólidos são muito atraentes para candidatos que veem cada nova posição como uma oportunidade de aprender e desenvolver suas habilidades. 

Cinquenta e nove por cento dos millennials dizem que as oportunidades de crescimento são extremamente importantes para eles quando consideram um novo emprego.

Da mesma forma, os programas de desenvolvimento ajudam a reter funcionários valiosos, permitindo-lhes crescer e ampliar suas habilidades dentro da organização. 

94% dos funcionários disseram que ficariam mais tempo em uma empresa que investisse em seu desenvolvimento.

Identifique as necessidades de treinamento

Antes de criar programas de treinamento in company que apoiem os objetivos delineados acima, você deverá identificar as lacunas de conhecimento dentro da sua empresa. 

Para fazer isso, você conduzirá uma análise das necessidades de treinamento.

Existem duas abordagens para a análise das necessidades de treinamento.

A primeira abordagem é a abordagem tradicional de cima para baixo que você verá descrita na maioria dos artigos na web. 

Porém, este processo é muito centralizado.

Departamentos de liderança e desenvolvimento ou gerentes de treinamento são os únicos investigadores e tomadores de decisão sobre o que os funcionários precisam aprender. 

Eles definem as necessidades de aprendizagem com base em seu entendimento das lacunas de conhecimento.

Logo, priorizam essas necessidades e estabelecem recomendações de cursos aos funcionários…

Contudo, isso não só é muito trabalhoso para os gerentes, mas também não é muito preciso. 

A análise de cima para baixo normalmente envolve muitas suposições e descrenças.

Portanto, à medida que os gerentes tentam avaliar o que os funcionários sabem e o que precisam aprender para fazer seu trabalho com mais eficácia. 

Cursos criados sem o contexto de entrada de membros da equipe estão fadados a errar o alvo.

A segunda abordagem é descentralizada, de baixo para cima. 

Nessa abordagem, qualquer pessoa na empresa pode enviar uma necessidade de treinamento. 

Os funcionários podem lhe dizer diretamente o que desejam ou precisam aprender. 

Em vez de ditar as necessidades de treinamento, a L&D gerencia o sistema, priorizando corretamente as necessidades e organizando seu cumprimento.

Esta abordagem torna os funcionários uma parte ativa do processo de concepção do treinamento. 

A análise das necessidades de treinamento não é uma atividade única, mas um processo contínuo que evolui junto com a empresa e seus funcionários. 

É mais rápido, mais eficiente e, o mais importante, mais preciso.

O que é um treinamento in company?

O treinamento in company é uma capacitação interna que a empresa realiza.

Logo, ela visa melhorar algumas das habilidades de seus próprios colaboradores.

Trata-se de um investimento em desenvolvimento humano e profissional que, além de melhorar a qualidade das equipes da própria empresa, também ajuda em outros aspectos, tais como:

  • Retenção de talentos: os profissionais irão perceber que são valorizados pela empresa;
  • Motivação das equipes: poderão utilizar o trenamento in company como um momento de repensar seu próprio trabalho, avaliando onde é possível melhorá-lo;
  • Economia de custos: com a qualificação interna de determinadas habilidades, ao invés de ter de buscá-las no mercado;
  • Ganho de tempo e melhoria de resultados: com a otimização de processo e aspectos internos, tais como a comunicação, que são possíveis através dos treinamento in company.

Veja também: Como o treinamento de equipe aumenta a produtividade no trabalho

Dados da Gallup mostram que equipes que se concentram em pontos fortes, diariamente, têm produtividade 12,5% maior.

Outro estudo, dessa vez feito pelo Centro Nacional de Qualidade Educacional da Força de Trabalho (EQW) dos EUA, apontou que um aumento de 10% nos níveis de educação da força de trabalho eleva, em média, 8,6% na produtividade total.

Já o aumento de 10% no valor dos equipamentos só amplia a produtividade em 3,4%.

Fatores como os levantados acima devem ser levados em consideração com muita seriedade e humanização.

Afinal, quando sua empresa desenhar e decidir pela realização de treinamentos internos, eles devem capacitar e motivar os colaboradores.

Escolha o método certo de treinamento de funcionários

Enquanto você está considerando a melhor forma de treinar sua equipe, identificar o melhor método de treinamento pode ser difícil. 

Veja esses cinco métodos populares de treinamento de funcionários para ver o que é certo para você.

1. Treinamento presencial

O treinamento presencial se refere a qualquer método que dependa da presença física dos funcionários no escritório. 

As atividades incluem treinamento em sala de aula, seminários e workshops.

Além disso, oferece o treinamento prático e exige que os funcionários assistam a vídeos ou leiam manuais em suas mesas.

Normalmente, os programas de treinamento presencial são mais caros e logisticamente difíceis de organizar. 

Eles exigem que as empresas gastem dinheiro com treinadores presenciais, materiais de treinamento físico e, às vezes, despesas de viagem e custos do local. 

Eles podem ser um pesadelo de agendamento, pois você precisa que todos estejam disponíveis ao mesmo tempo e no mesmo lugar. 

Se um funcionário faltar no dia do treinamento, você precisará refazer todo o treinamento ou correrá o risco de ficar para trás. 

Quando a Covid-19 fechou escritórios em todo o mundo, muitas empresas ficaram lutando por soluções de e-learning.

2. Treinamento online

Ao longo da última década, mais e mais empresas estão transitando do treinamento presencial para o online. 

Essa mudança ocorre porque os métodos tradicionais presenciais têm limitações severas em comparação com os métodos modernos de treinamento online, que tornam mais fácil aprender em qualquer lugar, a qualquer hora.

O treinamento online, às vezes chamado de e-learning, ocorre inteiramente pela Internet. 

O treinamento online inclui atividades como cursos online, simulações, webinars, aprendizagem móvel e experiências de aprendizagem colaborativa.

O treinamento online é muito mais flexível do que o treinamento presencial. 

Os funcionários podem aprender em seu próprio ritmo, em seus computadores, sempre que for conveniente para eles. 

Em vez de aprender como uma ocasião especial, torna-se parte integrante da vida diária e da cultura da empresa. 

O treinamento pode ser feito de qualquer lugar, o que é mais conveniente para empresas remotas ou empresas que se tornam temporariamente remotas devido a eventos mundiais.

Não apenas o treinamento online é mais barato e conveniente, mas os funcionários também gostam mais dele. 

Uma pesquisa da Vyond descobriu que 51% dos funcionários preferem o treinamento online autoguiado.

3. Aprendizagem combinada

O aprendizado combinado, às vezes chamado de aprendizado híbrido, combina métodos de treinamento online com treinamento presencial. 

Para empresas não remotas, o aprendizado combinado pode ser uma ponte entre os programas presenciais e o aprendizado 100% online.

Um programa de aprendizado combinado pode ajudar os departamentos de desenvolvimento a aumentar seus esforços sem gastar grandes quantias de dinheiro em treinamento pessoal. 

Por exemplo, você pode complementar um seminário com um webinar online ou acompanhar uma sessão de treinamento in company presencial com prática virtual. 

Com equipes trabalhando em casa e remotamente, as empresas estão cada vez mais percebendo os benefícios de complementar o treinamento presencial com o aprendizado online.

4. Microlearning

Muitos programas de treinamento de funcionários têm baixas taxas de conclusão do curso porque os cursos são muito longos. 

É difícil para os funcionários dedicarem uma hora ou mais de seu dia agitado ao treinamento. 

A solução é o microlearning.

Os cursos de microlearning são pequenas experiências de aprendizagem que levam de 10 a 20 minutos para serem concluídas, em vez de horas. 

O microlearning é mais fácil de produzir do que cursos mais longos e mais fácil para os funcionários trabalharem em sua vida diária. 

Estudos mostram que o microlearning leva a uma maior retenção de conhecimento do que o e-learning tradicional.

5. Treinamento de pares

O treinamento de pares ocorre quando os funcionários trabalham juntos para aprender uns com os outros.

Portanto, no treinamento in company a aprendizagem entre pares, ou aprendizagem colaborativa, é um estilo de aprendizagem mais ativo e envolvente do que a aprendizagem individual.

Existem muitas maneiras diferentes de incorporar o treinamento de pares em seus programas. 

A aprendizagem entre pares em toda a empresa nos ajuda a compartilhar conhecimento institucional e a disseminar ideias rapidamente.

Como realizar a avaliação da eficiência de um treinamento corporativo?

Apenas coletar os KPIs de um treinamento corporativo não é o suficiente para uma avaliação completa do que foi realizado.

Para ensiná-lo a fazer uma avaliação completa em sua empresa, vamos utilizar o Modelo de Kirkpatrick, que é globalmente adotados para esta análise.

Este modelo consiste em 4 níveis de análise, que são:

Reação ao treinamento

Neste nível, o objetivo é mensurar como os participantes estão reagindo, diante de um treinamento corporativo.

Esta análise é feita a partir de pesquisas e questionários, realizado antes, durante e depois do treinamento.

Portanto, o objetivo é permitir aos participantes descreverem suas expectativas iniciais, aquilo que mais os engajou, durante o treinamento. 

E o que eles acreditam, ao final do treinamento, que tenham sido os maiores ganhos de habilidades para o seu trabalho e sua carreira profissional como um todo.

Com este feedback, será possível avaliar se o treinamento esteve alinhado com as expectativas iniciais dos participantes e com as necessidades e objetivos do negócio.

Eficiência do aprendizado

Neste segundo nível, a avaliação é mais objetiva e visa verificar a evolução do nível de aprendizado dos participantes, após o treinamento ter sido concluído.

É avaliada a evolução dos participantes em relação às habilidade desejadas.

Tais como atitude comportamental, conhecimento, comprometimento e confiança que eles adquiriram, ao completarem o curso.

Esta mensuração deve ser feita com base em objetivos de aprendizados bem definidos.

Tais como melhorar a performance em apresentações ou as habilidades com o PowerPoint, por exemplo.

Veja aqui >> Metodologia CDP que eleva a performance de comunicação.

Mudanças e melhorias comportamentais

Após o final do treinamento corporativo, no terceiro nível de análise, é preciso saber se o comportamento dos participantes evoluiu, a partir do conteúdo aplicado.

Esta é uma análise pessoal e que, portanto, deve ser realizada pelos líderes das pessoas que particiapmetem do treinamento corporativo.

Eles são os mais capazes de observar e determinar se as mudanças comportamentais desejadas foram alcançadas.

Avaliando pontos de comportamento, tais como:

  • Os funcionários pararam de chegar atrasados?
  • Eles se tornaram aptos a concluírem as tarefas no tempo desejado?
  • Aprenderam a lidar com obstáculos inesperados em suas atividades?
  • O aprendizado sobre o correto gerenciamento de tempo no trabalho foi bem-sucedido?
  • Entre outras perguntas sobre comportamento que podem ser realizadas.

Resultados do treinamento

Neste nível de análise, o objetivo é mostrar o grau no qual os resultados do treinamento correspondem aos objetivos inicialmente programados.

Essa análise pode incluir o aumento mensal de unidades fabricadas e vendidas, aumento de assinaturas ou retenção de clientes antigos.

Tal mensuração pode ser realizada de maneira mais eficiente ao ser reunida com outros métodos.

Por exemplo, uma empresa pode mensurar a evolução de um profissional que participou do treinamento, em comparação a um outro que não participou.

O que importa de fato compreender é que a alta competitividade é uma realidade cada vez mais presente para as instituições.

Logo, exige que gestores e colaboradores mostrem seus diferenciais perante os concorrentes. 

E os treinamentos corporativos – quando aplicados de maneira correta – geram resultados positivos nesse quesito, favorecendo, inclusive, o crescimento contínuo e estruturado da organização.

Crie seu treinamento com a Smartalk!

Está tudo bem chegar até esse ponto do texto e ainda ter dúvidas sobre como montar o treinamento ideal para a sua empresa.

Na verdade, esse é um tema muitíssimo complexo.

Por isso é possível contar com a Smartalk desde o diagnóstico da empresa até o preparo dos detalhes para o treinamento.

Adaptamos nossa metodologia às suas necessidades, desde grandes eventos institucionais, onde se exige uma boa capacidade de engajamento e comunicação, a workshops e treinamentos menores.

Tudo isso pode ser personalizado desde que se entenda de que a empresa realmente precisa.

Contar com profissionais especializados para melhorar as habilidades oratórias ou criar uma apresentação persuasiva pode levar sua empresa a outro patamar!

Por isso, é importante investir em quem realmente faz da comunicação empresarial uma arte.

Quer saber como a Smartalk pode ajudar nos treinamentos corporativos da sua empresa?

Então entre em contato conosco, converse com nossos consultores e entenda.

Transmita mensagens de forma memorável