Você sabe o que é benchmarking? Entenda tudo sobre esta estratégia

6 minutos para ler
Smartalk
Por Smartalk

Benchmarking é uma estratégia que tem como objetivo analisar métricas e práticas de negócios e compará-las, para obter um melhor desempenho e resultado.

O que exatamente é o Benchmarking

Para que possa ficar ainda mais claro o que é benchmarking, entenda que é quando você faz análises e estudos da sua própria empresa, serviço ou negócio e dos seus concorrentes. Através disso, é possível encontrar os pontos positivos da sua concorrência (que ainda não existem na sua empresa ou não são tão eficazes) e implementar melhorias no seu negócio, deixando-o cada vez mais próximo à oferta de mercado.

Se você ainda não utiliza o recurso chamado benchmarking, este artigo tem como missão mostrar alguns pontos que irão convencê-lo do quanto ele pode ser vantajoso para a sua empresa. Vamos à eles:

Quais são as vantagens de utilizar o benchmarking?

1 – Aprimoramento

Utilizando o benchmarking, o primeiro ponto importante de que o seu negócio irá se beneficiar será o aprimoramento. Quando conseguimos entender onde estão as nossas falhas, fica muito mais fácil de aprimorá-las, ou seja, melhorá-las.

Suponhamos que você tem uma empresa pequena de acessórios e o seu concorrente direto está alcançando o dobro de pessoas que você por ter um marketing extremamente atrativo e envolvente. Através do benchmarking você conseguirá analisar de forma mais detalhada como está sendo feita esta estratégia de marketing – da concorrência e da sua empresa -, o motivo pelo qual isso está dando certo no concorrente, em qual plataforma o seu público está mais presente e diversas outras questões.

Dito isso, você conseguirá aplicar certas práticas na área comercial do seu negócio, que precisam ser aperfeiçoadas, e, depois, terá como consequência uma competição mais equilibrada ou até mesmo superior à sua concorrência.

É muito simples: você encontra o problema, o analisa, o aperfeiçoa e se coloca de forma mais qualificada perante o mercado!

2 – Tomada de decisão

Outro ponto que será muito vantajoso, caso você passe a usar o benchmarking, é a tomada de decisão. Quantas vezes queremos transformar algo e ficamos receosos sobre os prós e contras desta ação?

Pois bem. Quando você faz este estudo do desempenho positivo do seu concorrente, consegue ter uma tomada maior de decisão das suas propostas. É aquela frase “Se está dando certo para ele, pode dar certo para mim também”. No entanto, a nossa dica é para que tenha bastante cautela quanto a isso. Analise tudo de forma correta e bem apurada. Não é sempre que vamos fazer uma mudança e ela alcançará os mesmos resultados que outra empresa. Neste momento, todo cuidado é pouco.

O benchmarking ajuda os empresários nesta tomada de decisão mais acelerada, mas é sempre preciso pensar em cada caso de forma individualizada.

Ainda no exemplo da empresa de acessórios. Se a sua concorrente usa o Instagram para fazer a divulgação das peças, pode ser que você também tenha ótimos resultados se utilizar esta rede social também. No entanto, qual será o seu diferencial? Como você irá trabalhar este conteúdo? Reflita bem sobre isso!

3 – Benchmarking e ligação com os Resultados

Falar sobre benchmarking é sim ter uma ligação muito direta com o aspecto resultados! Não há como negar, todo mundo sempre almeja uma maior lucratividade e desempenho, ainda mais no mundo corporativo.

Sendo assim, analise minuciosamente os resultados favoráveis do seu concorrente. É através disso que você conseguirá propor metas mais desafiadoras para o seu negócio e quem sabe chegar ao nível da concorrência, ou até mesmo ultrapassá-la.

Se a loja de acessórios ao lado vende mil acessórios por dia através de um influenciador digital, como você pode atingir o dobro disso? Com alguma personalidade ainda mais influente? Ofertando algo? Trazendo alguma peça inédita e imperdível?

4 – Oportunidades

Olhar para o que o outro está fazendo não deve ser nada relacionado a uma cópia, mas sim a algo que venha gerar novas oportunidades!

Não podemos nos basear nos nossos concorrentes tentando fazer exatamente aquilo que eles estão realizando. Cada empresa tem a sua individualidade e é isso que deve ser prezado sob qualquer circunstância. Mas, pense nesta análise de resultados da concorrência como uma referência, algo a se inspirar.

Temos certeza que pesquisando bem o mercado você conseguirá abrir ainda mais a sua mente e ter muito mais eficiência em suas propostas e objetivos!

5 – Motivação da equipe

Muitas vezes, quando vemos que o negócio não está caminhando bem, não sabemos nem como motivar os profissionais que trabalham com a gente. Por isso, usar o benchmarking fará com que você inspire os seus colaboradores com os pontos exatos a serem trabalhados, de forma que eles tenham um direcionamento melhor daquilo que estarão realizando.

Aspecto negativo verificado + equipe motivada = resultados aparentes!

6 – Otimização de processos

Algo que irá melhorar muito quando você aplicar benchmarking na sua empresa ou no seu negócio será a otimização de processos. Quando você já entende o que está sendo falho, consegue buscar ainda mais agilidade e excelência no produto final.

Diante destes pontos que citamos, achamos importante deixar um breve questionário para que o seu benchmarking seja bem direcionado! Responda a algumas perguntas:

*Sobre a concorrência*

  • Como os seus concorrentes estão diante do mercado? Bom, muito bom ou excelente?
  • Como está o lado comercial/marketing dos seus concorrentes? Estão bem posicionados na Internet? De que forma?
  • Como os seus concorrentes estão se comunicando com a audiência?
  • Há uma relação recíproca entre os seus concorrentes e os clientes? Como ela é feita?
  • Como é a parte visual dos seus concorrentes? Design? Experiência de usuário?

*Sobre a sua empresa*

Faça todas estas perguntas que colocamos acima, só que agora de forma que sejam direcionadas a sua empresa.

Além disso, pergunte-se:

  • Em que patamar eu me encontro diante do meu concorrente? Estou fazendo algo semelhante ou muito longe disso?
  • É possível realizar transformações para atingir melhores resultados?
  • O que eu não estou fazendo que o meu concorrente está e por isso ele consegue um melhor alcance?
  • Possuo investimentos para competir com as propostas que o meu concorrente estabelece?

Pronto, ficou claro agora o quanto o benchmarking é importante? Saiba que temos outros artigos também bem legais para que você possa ter ainda mais conhecimento. Convidamos vocês à leitura de alguns deles:

fale_conosco