10 passos para deixar seu discurso impecável e persuasivo

9 minutos para ler
admin
Por Marketing

Fique por dentro de 10 dicas para criar um discurso que deixará seu público 100% convencido. 

Um discurso persuasivo é aquele no qual o orador consegue convencer os ouvintes a aceitar determinado ponto de vista — ou, pelo menos, a considerar os seus argumentos.

Algumas pessoas parecem nascer com uma espécie de dom para persuadir a partir de suas falas e são capazes de praticamente hipnotizar uma plateia inteira. No entanto, é preciso dizer que falar bem diante de câmeras e de um público não é exatamente um dom: essas habilidades podem ser desenvolvidas!

Para isso, basta conhecer as melhores técnicas e praticar como se não houvesse amanhã! Quer ver nossas 10 principais dicas para fazer ótimos discursos para engajar e emocionar plateias? Confira abaixo!

3 bases para a construção de um discurso: Ethos, pathos e logos

Já ouviu falar em ethos, pathos e logos? Não? Eles são os três pilares da retórica, criados por Aristóteles há algum tempinho. 

O ethos é uma parte essencial de um discurso persuasivo: é a percepção que o público tem sobre a sua autoridade. Pathos e logos são combinados de forma a deixar um argumento o mais perfeito possível.

Se uma pessoa pode estabelecer o ethos, sua credibilidade é automaticamente definida pela percepção desse público. Se uma audiência não sente credibilidade no que ouve,  dificilmente ela levará em consideração os argumentos apresentados.

O logos em um discurso são os argumentos que apresentam um conjunto de informações e mostram a lógica das conclusões. É o que está presente nas falas em um tribunal, por exemplo.

Já o pathos corresponde aos apelos emocionais que procuram fazer com que o público sinta algo para que aceite uma ideia. São todas as coisas ditas para levar o público a se identificar com a história. 

Agora que você já conhece as três bases para a construção de um discurso persuasivo, confira as nossas 10 dicas para convencer e encantar qualquer plateia! 

10 dicas para encantar e convencer com o seu discurso

1. Seja claro e objetivo 

Independentemente do perfil do público, é fundamental falar de forma clara. Usar termos fáceis de serem compreendidos faz toda a diferença na hora de ser mais persuasivo.

É um engano acreditar que um linguajar rebuscado é sinônimo de credibilidade e conhecimento. Ao contrário: palavras difíceis e conjugações verbais menos comuns podem fazer com que o público se torne desinteressado.

Lembre-se, também, de caprichar no português. Cometer erros ou ser coloquial em excesso pode causar uma má impressão. É tudo uma questão de equilíbrio!

2. Crie uma estrutura lógica no discurso persuasivo

Realizar sua apresentação de forma linear e lógica também é fundamental para que a audiência não perca o interesse. Nada de começar a contar uma história, parar de um ponto, iniciar outra e outra, sem finalizar nenhuma delas.

O ideal é que os assuntos estejam sempre interligados e que cada tema iniciado seja abordado até sua conclusão. A falta de linearidade confunde o espectador que, consequentemente, perde o interesse.

Para evitar que isso ocorra, estruture seu discurso em uma sequência lógica: início, meio e fim. Isso fará com que a pessoa tenha facilidade para acompanhar e vontade de ouvi-lo.

3. Dê exemplos em seu discurso persuasivo

Uma forma de melhorar a empatia das pessoas com o que estamos querendo falar é a partir da exemplificação. Proferir diversos números e dados indefinidamente é muito maçante e fará com que a atenção de quem o está ouvindo se dissipe.

Se você, ao contrário, fizer uso de exemplos para contextualizar os dados, os ouvidos do seu público estarão muito mais atentos. Mostre situações que se apliquem ao que você está contando — preferencialmente, conte algo que você já tenha passado para transmitir confiabilidade em sua fala. Todo mundo gosta de uma boa história: use isso a seu favor!

4. Conecte-se com a audiência

Muitas vezes, sua audiência vai dizer exatamente o que você precisa saber para ser um bom orador. Veja como os indivíduos reagem a cada tópico: se eles perdem o interesse, reduza o tempo que vai gastar falando daquilo. 

Se estão atentos e vigilantes, você descobre algo que desperta a paixão deles e deve ampliar os momentos nesse tópico em questão.

Use essas informações para melhorar progressivamente o seu discurso e chegar a um nível muito melhor a partir da prática. São passos simples mas que, com força de vontade e inteligência, contribuirão bastante para que você passe mais credibilidade em sua fala.

5. Lembre-se das pausas 

Falar sem parar sobre um tema, por mais que você seja especialista nele, é monótono. Pausas bem executadas e momentos de silêncio também são importantes em um discurso.

Por isso, é necessário dinamizar sua preleção com um toque de humor, o que vai – inevitavelmente – gerar reações espontâneas da plateia. Se você solta uma sequência de frases enorme e sem variações, com a expectativa de que a audiência ficará “colada” e atenta a tudo que você disser, comete um grande erro.

Algumas pausas dão às pessoas que o estão assistindo a impressão de que você tem segurança sobre o que está relatando e de que é um especialista naquilo. Respirar fará com que você não fale com afobação e demonstrará confiança.

6. Transmita segurança

Já passou por uma situação onde você está assistindo o orador e não consegue acreditar muito bem no que ele está dizendo? Isso é porque ele não conseguiu passar credibilidade e nem segurança para o seu público através do discurso. Isso pode se tornar um grande problema, afinal se as pessoas não sentem que podem confiar nele ou naquilo que está apresentando, dificilmente irão querer se aliar a isso. 

Para que você tenha um bom discurso persuasivo, portanto, procure estudar com dedicação o assunto a ser abordado. Trabalhe para que a informação chegue ao seu ouvinte de forma que ele se surpreenda e pense “confio nesse cara, quero fazer parte disso”. 

7. Explore a criatividade no seu discurso persuasivo

A sétima dica para o seu discurso totalmente persuasivo é a que se refere a criatividade. Quantos de vocês já estão desanimados com o “mais do mesmo”? Parece que todas as vezes que vamos até alguma palestra, um workshop ou um treinamento o discurso é o mesmo, sem nenhuma novidade. E isso cai no esquecimento, no rotineiro.

Por isso, nossa sugestão é que você explore sempre o lado da criatividade na hora da oratória. Busque colocar aquele “tempero secreto”, sabe? Que só você tem! Assim, as chances do seu discurso ser notado e até mesmo lembrado no futuro serão ainda maiores e reais. 

8. Exercite o lado da escuta 

Quando nos deparamos com uma pessoa que fala muito bem, automaticamente nos sentimos interessados naquilo que ela está apresentando. Mas, aliado a um bom discurso persuasivo é preciso que o indivíduo esteja também atento ao poderoso lado da escuta.

Saber falar com maestria é ótimo, mas saber ouvir sob todas as circunstâncias é uma verdadeira dádiva!

Para que a sua narrativa seja cada vez mais agradável e envolvente, procure ouvir o seu público. Fique atento ao que ele tem pra dizer, pois só assim você conseguirá ter respostas para todas as suas perguntas. 

Além disso, há muitos casos de reuniões, palestras e treinamentos, por exemplo, em que os clientes ou colaboradores estão com uma série de “dores” (problemas). Para isso, a escuta precisa estar muito bem aguçada, pois será nesse momento de troca que você conseguirá proporcionar um discurso verdadeiro, real e que vá sanar todos estes obstáculos.

9. Seja interessante e inspirador no seu discurso persuasivo

Sabe quando uma pessoa está falando e você quer permanecer exatamente ali por horas e horas escutando tudo o que ela tem a dizer? Isso é possuir um excelente discurso persuasivo. 

Um discurso persuasivo, ou convincente, são falas que geram um interesse enorme por parte de quem está ouvindo/assistindo, ao ponto de que esta pessoa queira se envolver com isso cada vez mais e mais. 

Além de tudo, um bom discurso persuasivo é o que você consegue ser, além de interessante, muito inspirador. O ser humano, de uma maneira geral, procura esta inspiração no outro. Então, se você conseguir mostrar tudo de si através da sua fala e ainda se tornar uma referência, tenha em mente que conseguirá muito sucesso, seja no âmbito profissional ou pessoal.

10. Elabore um desfecho/final impactante no seu discurso persuasivo

Depois de ter feito todo um discurso repleto de elementos incríveis para persuadir a sua plateia, não deixe de fechar a narrativa com chave de ouro. Portanto, preocupe-se com o final – ou o desfecho – do seu discurso. 

Quando um apresentador finaliza uma apresentação e fica aquela sensação de “gostinho de quero mais”, ele consegue deixar o público extremamente envolvido, portanto um discurso que contou com alto poder de persuasão.

Em contrapartida, quando há um final de discurso em que as pessoas não entendem ou até mesmo ficam com a impressão de não ter sido finalizado, elas acabam se decepcionando e se frustrando, ou seja, com pouquíssimo índice de persuasão. 

Gostou dessas dicas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude os seus contatos a dominar o palco com discursos impecáveis!

Leia ainda alguns textos interessantes:

fale_conosco